12
mar

Ciclistas também têm regras no trânsito. Conheça as principais

12 / mar
Publicado por Roberta Soares às 12:09

Andar de bicicleta é ótimo para a saúde, bom para a fluidez do trânsito e muito melhor para o planeta, porém nos últimos dias muitos acidentes ocorreram em diversas cidades do País envolvendo ciclistas. Para evitar estas tragédias, como em todas as outras condições, deve-se ter muito cuidado e respeito com as leis de trânsito.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a bicicleta é um veículo (de propulsão humana) e o ciclista, por este motivo, quando está pedalando, deve respeitar todas as regras de trânsito, como semáforos, sinalização e circulação na mão correta de direção. “As bicicletas são frágeis e vulneráveis e por isso os demais veículos devem zelar pela segurança dos ciclistas, mas estes também devem respeitar as leis para não contribuir com atitudes de risco”, afirma Elaine Sizilo, especialista e consultora do Portal do Trânsito.

De acordo com o CTB os ciclistas devem utilizar ciclofaixas, ciclovias ou acostamentos. Quando não houver, devem usar o bordo direito da pista, no mesmo sentido dos demais veículos. “É proibido ao ciclista andar na contramão dos carros, o que é muito comum de se observar nas vias brasileiras”, destaca Sizilo. Ainda segundo o CTB, é proibido pedalar em calçadas, passarelas e outras vias exclusivas para pedestres. “Nesse caso, o ciclista deve sair da bicicleta e empurrá-la, assim equipara-se em direitos e deveres com os pedestres”, diz a especialista.

Regras para os ciclistas
O ciclista, para zelar pela sua segurança, deve usar sempre equipamentos como capacete, óculos ou viseira, cotoveleiras, joelheiras e roupas apropriadas, claras e coloridas. O capacete pode diminuir em até 90% a chance de traumatismo craniano em caso de queda.

O CTB define também alguns equipamentos como obrigatórios em bicicletas: espelho retrovisor esquerdo, campainha, refletores (olhos de gato) dianteiro, traseiro e laterais.

Outros cuidados básicos: maior atenção nas conversões e cruzamentos, estes são os locais de maior índice de acidentes. Os ciclistas devem sinalizar sempre a intenção de realizar alguma manobra, devem evitar também ruas muito movimentadas (grandes avenidas, rodovias). “O ciclista tem que estar muito atento com veículos estacionados, pois uma porta pode se abrir a qualquer momento, além disso, deve ter atenção com saídas de garagem”, alerta Sizilo.

Ciclistas em grupo devem trafegar em filas. Outra recomendação é utilizar a bicicleta apenas para pequenas e médias distâncias.

Regras para os motoristas
Os motoristas também devem seguir regras para evitar acidentes com ciclistas. A principal delas é manter distância lateral de pelo menos 1,5 m da bicicleta. “O condutor de veículo deve conferir constantemente a presença de ciclistas através dos retrovisores, com especial atenção aos pontos cegos. À noite, entender que é mais difícil notar os ciclistas”, diz Sizilo.

“Os veículos de maior porte são responsáveis pelos de menor, por isso é muito importante que os condutores respeitem a fragilidade do ciclista e tenham atenção constante a estes usuários do trânsito, que é um espaço de todos”, conclui a especialista.

Do Portal do Trânsito

  • Gilson Leite

    Muito interessante a matéria sobre ciclista. Se trafegarmos a noite encontraremos inúmeros ciclistas pedalando em grupos. O número e crescente e demonstra que a categoria vem ganhando importância pelas razoes obvias sendo a principal a saúde. Gostaria de ver matérias também mostrando os deveres dos motorista e motociclistas para com os frágeis e desprotegidos ciclistas

  • Luan

    Achei bastante enteressante essa materia sobre o transito.

  • http://Regrasdetrânsitoparaciclistas Gilberto Frota

    Queria saber se existe alguma lei que obriga o ciclista a usar capacete. Pois na matéria acima fala que para sua segurança, o ciclista deve usar capacete , luvas, etc. Porém não diz que é obrigatòrio por lei.

  • marcio

    Eu vou levar e buscar meu filho todos os dias da escola de bike mas a calçada e depredada e proibida aos ciclistas e as ruas os motoristas não nos respeita encostão os carros o maximo que podem te obrigando a subir o meio fio e muitas das vezes a queda devido ao desnivel , bueiros abertos com carros colados no ciclista

  • Daniela

    Acho muito errado quererem proibir os ciclistas de utilizarem as calçadas. Se um ônibus encosta em um carro, o motorista terá o air bag, mas se esse mesmo ônibus ou carro acerta um ciclista, esse rolará longe… Não deveria ter tantas regras para ciclistas, digo, não deveria ter regras que se equiparam a veículos motorizados, pois a diferença é enorme.
    Deveriam ter calçadas apropriadas, mais largas (e qdo há, o pedestre deveria ser mais solidário). Usar as bikes na contramão, tbm se houver cautela, pq não?? Bicicletas não são veículos automotores, por isso, não deveria burocratizar tanto.
    O que tem que ter é humanidade, empatia e compaixão entre as pessoas, pq um dia eu sou a pedestre, amanhã eu posso ser a ciclista, então cabe a todos o bom senso!

  • http://ciclistasambemtemregrasacumprir amanda

    muitoo muitoo legal amei

  • http://ciclistasambemtemregrasacumprir Amanda

    muito legal as vezes tem umas pessoas que não tão nem aí andam pelas calsadas empinando

  • eliandra

    quo dado

  • http://UOL.com.br Francisco Medeiros

    Eu tbm sou ciclista
    Quando saio pra curti meu esporte
    Fico bem preparado tenho capacete sinalização atraz e na frente
    Tenho luvas tenho maio cuidado pós o trânsito não mim
    Respeita magina o ciclista que leva muito escorao no
    Trânsito eu obedeço sinal feichado pedestre

    Francisco Medeiros Fernandes
    Cidade campina grande estado PB
    Rua Emrrimar castro de oliveira 118 bairro alto branco

    Gostaria de pode participa
    Pedalada com vocês estou bem preparado
    E talvez fica no ciclismo como vocês pra sempre
    Sé não se importa

    Data de nascimento 01 de outubro 10-1985
    Pra faze ciclismo como vocês paga alguma coisa
    Não obrigado

  • Alex

    No trânsito caótico do Rio, é imprudente o ciclista que trafegue na mesma direção do fluxo de automóveis. Ao menos umas três vezes fui obrigado a parar a bike e quase subir no meio-fio por conta de motorista desatento (em geral conversando ao celular) que quase sobe a calçada com o seu veículo…se eu estivesse de costas nessas ocasiões (na mesma mão do veículo, como sugere a especialista), provavelmente “já teria passado dessa para uma melhor”.
    Outra questão é a travessia de passarelas… as bikes foram projetadas p/ se andar montado, pedalando. Quando o ciclista transporta a bike a pé numa passarela, ele não só ocupa o triplo do espaço lateral normal de um pedestre como tem o equilíbrio precário e expõem os pedestres (e a si próprio) a esbarrões doloridos nos pedais da bicicleta, ocasionando conflitos.
    O que se precisa de fato são melhores ciclovias e espaços compartilhados c/ pedestres (quando for inevitável, como no caso de passarelas sobre vias expressas) melhor planejados e mais adequados a ambos c/ regras de trânsito racionais, priorizando o pedestre mas com inteligência e c/ a devida análise de riscos.