08
jan

Luciano Bivar quer ouvir opinião de Paulo Câmara sobre candidatura de Bolsonaro

08 / jan
Publicado por Giovanni Sandes às 12:05

Luciano Bivar, presidente do PSL. Foto: JC Imagem

 

O empresário Luciano Bivar, deputado federal e presidente nacional do PSL, espera marcar uma reunião esta semana com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, vice-presidente nacional do PSB, para ouvir a opinião dele sobre a candidatura presidencial do deputado federal Jair Bolsonaro, hoje ainda no PSC. Bolsonaro veio ao Recife anunciar, na última sexta (6), sua candidatura presidencial pelo PSL. Bivar não condiciona a candidatura de Bolsonaro à palavra de Paulo Câmara, apenas quer ouvir a análise do socialista sobre o projeto, como um gesto ao aliado político.

O pernambucano Luciano Bivar, agora entusiasta de Bolsonaro, foi eleito em 2014 como suplente e só assumiu o mandato porque Paulo Câmara convocou o deputado federal Kaio Maniçoba (MDB) para virar secretário de Habitação. Nas eleições 2016, o PSL estava na oposição ao PSB: o filho de Bivar, Sérgio Bivar, foi candidato a vice na chapa do então candidato a prefeito Daniel Coelho, deputado federal pelo PSDB. Contudo, quando Paulo Câmara transformou Kaio Maniçoba em secretário, Bivar levou o PSL para a Frente Popular, aliança política em torno do PSB de Pernambuco.

 

 

Bivar não considera haver contradição entre a posição político-ideológica de Bolsonaro, apoiado por um segmento de direita e conservador, e a aliança estadual do PSL com o PSB do governador Paulo Câmara, partido que busca se posicionar como de centro-esquerda e se reaproxima do PT e do ex-presidente Lula nacionalmente.

“Não vejo qualquer problema em Pernambuco. O PSL sempre foi, eu admito, um partido pequeno”, afirma. “Sempre tive muita admiração por Paulo Câmara. Hoje ele é meu candidato a governador. Espero falar com ele ainda esta semana. Gostaria de ouvir a opinião dele sobre a candidatura de Bolsonaro”, comenta Bivar.


Veja também