19
nov

Pernambucano lança projeto social e corre 20 maratonas em 20 dias

19 / nov
Publicado por Gabriela Máxima às 7:15

Vinte maratonas ou 844km. Essa é a distância que o atleta Israel Gomes Neto está percorrendo desde o último dia 31 de outubro. Em tempo, a proposta é completar o percurso em 20 dias e em cerca de 100h de corrida. O projeto capitaneado pelo coronel do Exército pretende divulgar a corrida de rua como instrumento de cidadania e inclusão social. A largada foi dada em Petrolina, no Sertão do Estado, e a chegada será neste domingo, no Recife.

Israel passou por 20 municípios de Pernambuco e ministrou 40 palestras em escolas públicas. Para isso, foram necessários dois anos para desenvolver o projeto e buscar patrocinadores que apoiassem a jornada. E o curioso é que tudo surgiu por conta de uma dívida social que ele adquiriu quando tinha apenas 15 anos.

“Na época, decidi seguir carreira militar em uma das três forças armadas. Mas eu precisava me submeter a um concurso, que é muito difícil. É uma espécie de vestibular nacional. Minha mãe começou a pagar um curso, mas depois de alguns meses ela disse que não tinha condições de continuar. Então, quando fui cancelar a matrícula uma gerente do curso disse que eu era um dos melhores alunos e que passaria na prova rápido. Ela investiu nos meus estudos”, revelou o coronel.

Destaque da turma, o jovem Israel ganhou bolsa na instituição e prometeu que retribuiria a ajuda quando alcançasse o topo da carreira militar. O projeto teria que obrigatoriamente disseminar valores éticos para crianças e jovens carentes. “A intenção é levá-los para o caminho do bem. Então o projeto tem duas vertentes: corrida e palestras”, pontuou o coronel, que completou. “A corrida é apenas uma maneira de mostrar para eles que a gente consegue se superar. Então, eu tenho utilizado minha jornada na corrida para dizer que eles conseguirão ser aquilo que eles quiserem. Que dor, cansaço e qualquer obstáculo não interfere em nada no resultado”, explicou o corredor, que ministrou palestras para cerca de 10 mil estudantes.

Ele escolheu as instituições de ensino mais problemáticas, com maiores índices criminalidade, segurança e ações de indisciplina dos alunos. Mas incrivelmente, a receptividade foi muito boa. Todos prestaram atenção aos ensinamentos, surpreendendo professores e organizadores do projeto. Ele contou que os olhinhos dos pequenos brilharam em todos os momentos. “Quando terminava cada palestra, eles se levantavam para bater palmas e agradecer por passar um pouco do que já vivi. As escolas de Cabrobó, Bom Nome e Belo Jardim se destacaram no quesito receptividade”, contou.

Ultramaratonista experiente, o coronel recebe acompanhamento profissional para realizar suas provas e, principalmente, para correr as 20 maratonas em 20 dias. Natação, musculação, corrida, fisioterapia e alimentação saudável sempre fizeram parte de sua rotina nos últimos anos. Ele se deu conta que teria sucesso quando, em 2016, completou duas provas de 42km em um intervalo de dois dias. O corpo suportou o desgaste físico e mental, dando maior confiança para dar continuidade ao projeto.

Toda a jornada foi registrada pela equipe em suas redes sociais, o Instagram @israelgbn. Vale lembrar que não é recomendado que outras pessoas repitam a iniciativa. Israel encarou meses de preparação e vem sendo acompanhado por profissionais de educação física, nutrição e fisioterapia, que deram o suporte necessário para ele completar o desafio da melhor forma possível.


Veja também