27
nov

Conheça a relação álcool x ganho de massa muscular

27 / nov
Publicado por Luana Ponsoni às 17:34

Estudos mostraram que quem ingere álcool tem ganho de massa muscular comprometido. Foto: Divulgação

 

Já é parte da rotina de boa parte das pessoas que procuram seguir hábitos mais saudáveis. Durante os dias úteis, o foco é na dieta e nos treinos de musculação, corrida, funcional, crossfit… Na modalidade preferida. E aí vem o fim de semana, trazendo uma espécie de compensação pelo esforço dos últimos dias. Enquanto alguns conseguem resistir e seguem firmes no plano alimentar, outros também permanecem com o cardápio saudável, mas se permitem ingerir bebidas alcoólicas.

Estudos apontam que a ingestão de bebidas com esse perfil, porém, têm séria interferência no ganho de massa muscular. “Em uma revisão de literatura, Bianco et al (2014) apontam que a ingestão de álcool interfere na via do eixo mTOR (um importante sinalizador da hipertrofia em resposta à sobrecarga), diminui os níveis de testosterona e ainda aumenta os de cortisol (hormônio do estresse). Além disso, um estudo de Steiner et al. (2014) sugere que o álcool interfira também na resposta ao exercício”, comentou o  Doutor em Ciências da Saúde e graduado em Educação Física, Paulo Gentil.

TESTES

O último estudo a que Gentil se refere, ratos receberam uma injeção de álcool e em seguida tiveram seus músculos estimulados. As análises mostraram que o álcool inibiu a síntese proteica basal, também após o estímulo, indicando que a ingestão de álcool pode prejudicar os ganhos de massa muscular em resposta ao treino.

As evidências sugerem ainda que, quanto maior a dose de bebida alcoólica ingerida, pior é o dano causado. “O efeitos negativos ficam piores a partir de 150mg/dl, ou seja, umas 5 a 6 latinhas de cerveja em uma hora, considerando uma pessoa de 80kg.  Bem, não estou dizendo que você é obrigado a adotar a abstinência completa, até porque, para algumas pessoas, o álcool está em diversos rituais sociais, como o chope com os amigos, o vinho romântico e etc. Mas se você estiver querendo ter mais resultados nos ganhos de massa muscular, diminuir o álcool pode fazer diferença”, completou Paulo Gentil.


Veja também