Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

CRUZEIRO

Cruzeiro: antes de ser vendido para Ronaldo Fenômeno, clube não assinou contrato de Fábio

Considerado um dos maiores ídolo do Cruzeiro, Fábio deixou o clube nessa quarta-feira (5)

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 06/01/2022 às 9:28 | Atualizado em 06/01/2022 às 9:29
AFP
Fábio fechou com o Fluminense em 2022. - FOTO: AFP
Leitura:

O Cruzeiro está passando por reformulações drásticas após a compra de Ronaldo Fenômeno, que busca diminuir as dívidas para fazer o clube a volta ao grande patamar. Diante disso, alguns profissionais deixaram o clube por causa de salários acima do que a diretoria pode pagar, como o ex-técnico Luxemburgo e o lateral-direito Pará. Porém, nessa quarta-feira, os torcedores foram pegos de surpresa com uma notícia triste: a saída de Fábio.

> Por que Fábio saiu do Cruzeiro?

 

Com mais de 1.000 partidas realizadas com a camisa do Cruzeiro, o goleiro Fábio - considerado um dos maiores ídolos do clube - deixou a Raposa. Acontece que, em novembro de 2021, o time anunciou nas redes sociais que o atleta teria assinado uma renovação de contrato até o fim de 2022, porém o acordo não foi concluído.

> De Fábio a Luxemburgo, Ronaldo Fenômeno coleciona polêmicas no início da gestão no Cruzeiro; veja o resumo

> Cruzeiro já tem "substituto" no radar para suprir a saída do goleiro Fábio; saiba quem é

O motivo da renovação não ser confirmada foi porque a outra parte interessada, antes de Ronaldo assumir, não assinou o documento. Na época, o futebol do Cruzeiro era administrado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues, que não avaliou o contrato. Diante disso, Fábio não tem como provar que realizou sua renovação, fora as publicações realizadas pelo clube.

Em texto de despedida, depois de ser o principal líder do Cruzeiro, o próprio Fábio afirmou que não tem nenhum documento assinado. ''A renovação do meu contrato foi acertada com o clube, através do presidente Sérgio Santos Rodrigues em novembro de 2021, que inclusive anunciou publicamente, faltando apenas a assinatura dos documentos negociados''.

Dívidas com o ídolo

Mesmo se mostrando sempre disposta a negociar com o Cruzeiro, a Raposa possui uma dívida de mais de R$ 10 milhões com o arqueiro, o que também pesou para a sua saída. Diante disso, por não ter nenhum contrato assinado com o clube, gestão da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) ficou mais segura para a dívida não aumente.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias