03
set

Recife Mariners vence Petroleiros e coloca pé nos playoffs

03 / set
Publicado por Haim Ferreira às 19:45

Em tarde inspirada do quarterback Alex Niznak, que lançou para quatro touchdowns, todos para recebedores diferentes, o Recife Mariners (3-1) venceu o Ufersa Petroleiros (1-3) por 36 x 0, no estádio dos Aflitos, e encaminhou sua classificação aos playoffs da Conferência Nordeste da Superliga Nacional.

LEIA TAMBÉM:
Confira como ficou a classificação da Conferência Nordeste
Semana 8: Resultados e tabela atualizada da Superliga Nacional
Head Coach do Brasil Onças avalia temporada da Superliga Nacional

Os touchdowns da partida foram marcados por Vinícius Ângelo, Ricardo Teixeira, Hermano Pinheiro, Nelson Ferreira e Augusto Bezerra . Este último, ainda teve sucesso em duas conversões de dois pontos. O kicker Rafael Bandeira acertou dois extra-points.

Na próxima rodada, o time pernambucano fará o clássico contra o João Pessoa Espectros, dia 25 deste mês, na capital paraibana, enquanto os potiguares enfrentam os compatriotas do América Bulls, em Natal.

Foto: Davi Camara/Cortesia
Foto: Davi Camara/Cortesia

Em sua melhor atuação em solo brasileiro, o americano Alex Niznak mostrou porque é um forte candidato à MVP da Conferência Nordeste. O camisa 10 do Recife Mariners lançou para 334 jardas, além de ter acertado 27 de 47 passes tentados, de acordo com o site de estatísticas The Football Center. Não há dúvidas que, se o gringo tiver novas tardes inspiradas como essas, a terceira decisão consecutiva no Nordeste é uma realidade.

Foto: Davi Camara/Cortesia
Foto: Davi Camara/Cortesia

 

Tivemos um dia muito feliz, hoje. Nossa defesa jogou muito bem. Estamos muito satisfeitos com o resultado. O trabalho após o jogo do Caçadores foi muito bom e agora é voltar o nosso trabalho para o campeão brasileiro, que vai demandar toda a nossa atenção.

Lucas Cisneiros, head coach do Recife Mariners

Sabíamos que o Mariners estava um nível acima do nosso, mas tentamos. Ainda podemos nos classificar, mas já não dependemos mais das nossas próprias forças. Apesar de tudo, enquanto há vida, há esperança.

Armando Gomes, coach do Ufersa Petroleiros.


Veja também