VIOLÊNCIA NO FUTEBOL

'Decisão histórica', diz governador de Pernambuco sobre fim de Jovem, Inferno Coral e Fanáutico

Paulo Câmara enalteceu a sentença que determina a extinção das três principais organizadas do Recife

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 19/02/2020 às 0:48
Notícia
Fotos: Acervo JC Imagem
Paulo Câmara enalteceu a sentença que determina a extinção das três principais organizadas do Recife - Fotos: Acervo JC Imagem
Leitura:

O Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, enalteceu bastante a sentença do juiz Augusto Sampaio Angelim, da 5ª Vara da Fazenda Pública, que decretou a extinção compulsória da Torcida Jovem do Sport, da Inferno Coral e da Fanáutico. Ele também determinou que cada uma pague à Justiça 10% dos honorários advocatícios do valor da causa. Com a decisão, a Receita Federal do Brasil está oficiada para cancelar os CNPJs das três torcidas organizadas, assim como o Banco do Brasil tomar todas as medidas cabíveis.

VEJA O DOSSIÊ DAS ORGANIZADAS

“A atuação cooperada do Governo do Estado e MPE extinguiu as três maiores torcidas organizadas do Recife. Decisão judicial histórica, que merece reconhecimento. Rivalidade não pode ser sinônimo de violência. Torcedores querem paz. Demos mais um passo nessa direção”, postou no Twitter o governador Paulo Câmara.

AÇÕES

A sentença foi resultado de duas ações movidas pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra as torcidas organizadas, em 2012 e 2014. Mas que receberam forte pressão para serem finalizadas após o episódio mais recente de violência protagonizada por esses grupos, quando uma uniformizada do Sport invadiu festa de 106 anos do Santa Cruz, levando pânico ao bairro da Boa Vista, na região central do Recife. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias