NEGOCIAÇÃO

Náutico se aproxima de um acerto com Tiago Cardoso

Diretoria timbu se reuniu com o procurador do goleiro e acordo está próximo

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 15/12/2016 às 15:17
Foto: JC Imagem
Diretoria timbu se reuniu com o procurador do goleiro e acordo está próximo - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

O Náutico está muito próximo de ter um novo paredão. Com o não interesse da diretoria alvirrubra em renovar com Julio Cesar para 2017, o alvo passou a ser Tiago Cardoso, que defendeu a camisa do rival Santa Cruz por seis anos, mas que ao final dessa temporada acabou acertando a rescisão contratual com o Tricolor do Arruda.

Na madrugada da última quarta-feira, o empresário do goleiro, Ytalo Pontes, se reuniu com os dirigentes timbus para discutir alguns pontos sobre o possível acerto de Tiago com o Náutico. "Tivemos uma reunião para falar sobre a proposta feita pelo Náutico. Pontuamos tudo que pensamos e a negociação segue em andamento", declarou o procurador do arqueiro. "Agora eles (dirigentes) vão analisar os pontos sobre a questão contratual que colocamos em questão. Mas esperamos mais alguns contatos por parte do Náutico para chegarmos a um acerto", declarou.

Pelo lado alvirrubro, o diretor de futebol Eduardo Henriques considerou a reunião como proveitosa. "Conversamos com o procurador de Tiago Cardoso e a reunião foi bastante proveitosa. Estamos próximos de um acerto. O que tinha de conversar já conversamos e agora são alguns detalhes", disse o dirigente timbu.

OBJETIVOS

De acordo com Ytalo Pontes, de fato Tiago Cardoso terá de se adequar a realizade financeira do Timbu e vai sofrer uma redução salarial. No entanto, ele ressaltou que o que o experiente goleiro está analisando é o que ele vai encontrar no novo clube. "Tiago quer saber os projetos que o Náutico tem para 2017... Se vai montar um time para conquistar títulos, brigar por acessos. Confiamos no Náutico e acredito que o desfecho esteja próximo", contou o agente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias