óleo nas praias

Vazamento de petróleo veio de navio estrangeiro, indica Ricardo Salles

O poluente já foi identificado em mais de 138 pontos no litoral dos nove Estados da região

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 09/10/2019 às 13:19
Notícia
Foto: Adema/Governo de Sergipe
O poluente já foi identificado em mais de 138 pontos no litoral dos nove Estados da região - FOTO: Foto: Adema/Governo de Sergipe
Leitura:

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, declarou que a origem do vazamento de petróleo em todo o litoral do Nordeste seria um "navio estrangeiro". Salles não citou, porém, nenhum outro detalhe sobre o assunto. O ministro participa de uma audiência pública na Câmara para debater o desmatamento na região amazônica. "Esse óleo veio de um navio estrangeiro, ao que tudo indica", disse Salles.

Na tarde desta terça-feira, 8, o Broadcast/Estadão revelou que investigações sigilosas realizadas pela Marinha e Petrobras encontraram petróleo com a mesma "assinatura" do óleo da Venezuela em manchas que se espalham pelo mar na região Nordeste

O poluente já foi identificado em mais de 138 pontos no litoral dos nove Estados da região. Segundo uma fonte do governo ouvida pelo Broadcast/Estadão, trata-se do mesmo tipo de óleo extraído da Venezuela. A conclusão já foi comunicada ao Ibama, órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente.

Não é possível dizer que todo o vazamento que atinge as praias do Nordeste tem a mesma origem, mas análises já realizadas em algumas manchas concluíram, com certeza, que se trata de material de origem venezuelana.

Localidades afetadas

Para saber quais foram as localidades afetadas no Nordeste para clicar aqui.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias