COLUNA MOBILIDADE

Mais de 6 mil pessoas se cadastraram no VEM Social e tentam a gratuidade nos ônibus do Grande Recife

A procura é considerada baixa pelo governo de Pernambuco, que vai ampliar divulgação entre os desempregados durante a pandemia

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 22/04/2021 às 17:54
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Ônibus no Recife em 2021 - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

O VEM Social, programa criado pelo governo de Pernambuco para conceder passagens de graça nos ônibus na Região Metropolitana do Recife, recebeu, até esta quinta-feira (22/4), 6.173 inscrições. Essas pessoas, entretanto, só terão direito ao benefício depois que seus cadastros forem validados. O programa é restrito aos desempregados durante a pandemia, no máximo de 20 mil pessoas por mês e, pelos planos do Estado, quem estiver apto começará a receber as passagens a partir de maio.



A procura é considerada baixa pelo governo de Pernambuco. Segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Seduh), a expectativa era de que o número fosse maior, mesmo o cadastramento tendo sido liberado há apenas dez dias. Uma maior divulgação do programa já está sendo planejada como forma de fazê-lo ser mais conhecido da população. O VEM Social dará gratuidade de até 20 passagens do Anel A - R$ 75 por mês - a 20 mil pessoas. Todo o processo de cadastramento é digital e deve ser feito pelo portal www.vemsocial.pe.gov.br.

Mas, para ter direito, é preciso comprovar a demissão entre 20 de março de 2020 e a data de publicação da lei que criou o programa (22 de março de 2021). Também é exigido um vínculo com carteira assinada por no mínimo seis meses, com remuneração de até dois salários mínimos. Além disso, as pessoas precisam residir em um dos 14 municípios da Região Metropolitana do Recife. Lembrando que o VEM Social só poderá ser utilizado nos horários fora-pico. Representará um investimento mensal de R$ 1,5 milhão pelo governo de Pernambuco.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
O programa é restrito aos desempregados durante a pandemia, no máximo de 20 mil pessoas por mês e, pelos planos do Estado, quem estiver apto começará a receber as passagens a partir de maio - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

HORÁRIO DE UTILIZAÇÃO

* De segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 16h ou à noite, a partir das 20h

* Nos sábados e domingos, em qualquer horário

* Limite de duas viagens por dia

A restrição do VEM Social aos horários fora-pico do transporte foi a solução que o Estado encontrou para tentar pulverizar a demanda de passageiros concentrada nas primeiras horas da manhã e da noite.


DOCUMENTOS

Para comprovação, o usuário deverá preencher um cadastro no site e anexar ao formulário uma cópia digital da Carteira de Trabalho ou registro no e-Social, comprovante de residência, RG e CPF. Todos os documentos serão analisados pelas equipes técnicas da Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação e do Grande Recife Consórcio de Transportes Metropolitano (CTM). Após a análise, o solicitante receberá um e-mail com a confirmação ou não do benefício. O cartão será enviado por correspondência aos usuários.


CADASTRO SEM PRAZO

A candidatura ao VEM Social não terá prazo. Poderá ser feita a qualquer tempo, enquanto o programa vigorar - um ano, com prorrogação de mais um ano. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Pernambuco (Seduh), coordenadora do programa, as inscrições recebidas até o dia 15 de cada mês serão processadas no mês subsequente. As do mês de abril, excepcionalmente, serão processadas até o dia 20 porque é o primeiro cadastro do programa.


CRITÉRIOS DE PRIORIDADE

Os candidatos que tiverem direito ao VEM Social serão classificados segundo o tempo de afastamento do mercado de trabalho formal. A prioridade será dada àqueles que tenham sido dispensados há mais tempo. Caso o quantitativo de candidatos aptos supere o número máximo de 20 mil cartões a ser distribuído por mês, será realizado um rodízio bimestral na disponibilização de créditos, de modo a contemplar o maior número possível de beneficiários. Os beneficiários inscritos no programa deverão comprovar a cada dois meses que continuam desempregados apresentando uma declaração no site do VEM Social.


Comentários

Últimas notícias