COLUNA MOBILIDADE

Mobilização de empresários e sociedade pela vacinação de motoristas e cobradores do Grande Recife

Um pedido de sensibilização formal será feito ao governador Paulo Câmara, ao prefeito do Recife, João Campos, e aos outros 13 prefeitos da Região Metropolitana

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 24/05/2021 às 11:50
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A novidade foi anunciada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, nas redes sociais - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

A vacinação dos motoristas e cobradores de ônibus da Região Metropolitana do Recife - que vem tendo vários capítulos e nenhuma definição - ganhou ajuda de peso. Os empresários de ônibus decidiram ajudar na pressão que vem sendo feita para que o governo de Pernambuco antecipe a imunização da categoria e estão fazendo uma articulação com os sindicatos dos profissionais do transporte (rodoviários e metroviários) e a sociedade civil que resultará num pedido de sensibilização formal ao governador Paulo Câmara, ao prefeito do Recife, João Campos, e aos outros 13 prefeitos da Região Metropolitana do Recife.



O mesmo documento também será encaminhado ao Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) e à Promotoria de Transporte do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A primeira entidade questionou legalmente quando o governo de Pernambuco sinalizou que pretendia antecipar a vacinação dos rodoviários ainda em maio. As assinaturas já começaram a ser recolhidas. O objetivo é ter o apelo validado, além da Urbana-PE (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco), pelo Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (SindMetro), Sistema de Transporte Complementar de Passageiros do Recife (STCP), conselheiros da sociedade civil (representantes dos passageiros, idosos, estudantes e deficientes) no Conselho Superior de Transportes (CSTM) e Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Dyandhra Monteiro/ TV Jornal
Os sindicatos falam em mortes, muitos casos de contaminação e o medo constante por estarem todos os dias - sem exceção - nos ônibus e metrôs do País - Dyandhra Monteiro/ TV Jornal


“É um esforço conjunto de todas essas entidades e pessoas físicas que fazem o transporte da RMR em busca de solução. Vamos pedir o início imediato da vacinação dos rodoviários e metroviários. Sabemos que a execução da imunização é municipal, mas o STPP é um sistema metropolitano e, por isso, precisa de um direcionamento único, que o Estado deve dar”, afirma o diretor de Inovação da Urbana-PE, Marcelo Bandeira.

LEIA TAMBÉM Falta de ação do governo e de pressão das empresas faz motorista e metroviário ficar sem vacina da covid-19


Havia a informação de que, juntos, os profissionais do transporte público coletivo da RMR somariam menos de 20 mil profissionais. Entre 10 mil e 15 mil rodoviários e 1.800 metroviários. Mas o número é ainda menor. Segundo a base de dados do cartão VEM Rodoviário, são 11 mil profissionais em Pernambuco, aí já incluídos os motoristas, cobradores e fiscais do transporte complementar do Recife (STCP) e do sistema intermunicipal (fora da RMR). Além de 1.800 metroviários.

Desses 11 mil, seis mil são profissionais residentes no Recife. “É um número muito pequeno. É uma questão tão fácil de resolver para uma categoria tão exposta. A capital vacina 7 mil pessoas por dia! Podemos colocar as sedes das empresas e dos sindicatos à disposição. Ela pode ser faseada por idade, função, até por garagem. Todos podem ajudar como for preciso. E vale lembrar que muitas dessas entidades que deverão assinar o documento já fizeram o mesmo pedido diretamente ao governo, é importante dizer”, reforça Marcelo Bandeira.

TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Motoristas e cobradores têm protestado por vacinas. Metroviários fizeram paralisação ded 24h - TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM


Os sindicatos falam em mortes, muitos casos de contaminação e o medo constante por estarem todos os dias - sem exceção - nos ônibus e metrôs do País. No Grande Recife, o Sindicato dos Rodoviários fala em 50 mortes desde o início da pandemia. Mas há um número de 89 mortes informado por uma dissidência da atual gestão. Entre os metroviários, o SindMetro afirma que 14 profissionais ativos do sistema metropolitano morreram desde o início da pandemia e quase 500 já testaram positivo.

Dyandhra Monteiro/ TV Jornal
Os sindicatos falam em mortes, muitos casos de contaminação e o medo constante por estarem todos os dias - sem exceção - nos ônibus e metrôs do País - FOTO:Dyandhra Monteiro/ TV Jornal
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
O cadastro e o agendamento devem ser feitos através do site www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou do app Conecta Recife - FOTO:TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias