coluna vida fit

Educação física organiza manifestação para reabertura de academias

Profissionais e empresários se reunirão na próxima quinta-feira, dia 2 de julho, na avenida Boa Viagem. Carreata seguirá para o Palácio do Campo das Princesas

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 29/06/2020 às 9:44
Notícia
AFP
Academias continuam fechadas em Pernambuco por conta da covid-19 - FOTO: AFP
Leitura:

Profissionais de educação física vão se reunir na próxima quinta-feira para reforçar o pedido de reabertura das academias e similares ao governo de Pernambuco. A manifestação terá concentração na avenida Boa Viagem, em frente à Padaria Boa Viagem, às 11h. Depois uma carreata seguirá até o Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife. De acordo com o presidente do Conselho Regional de Educação Física de Pernambuco (Cref-PE), Lúcio Beltrão, o protesto pretende ressaltar a importância do setor e destacar que academias e similares deveriam estar abertos desde a primeira etapa do plano de convivência desenvolvido no Estado. 

DIVULGAÇÃO
Profissionais de educação física solicitam reabertura do setor - DIVULGAÇÃO

O dirigente argumenta que os profissionais de educação física são os únicos da área de saúde que ainda não têm permissão para trabalhar - em academias e similares - em Pernambuco.

"A ideia é fazer uma manifestação pacífica para mostrar a sociedade e aos governantes a importância da educação física para a sociedade. A gente quer cuidar da saúde física e mental das pessoas e simplesmente não estamos podendo. Simplesmente somos a única profissão de saúde que ainda está em casa. Tem diversos estudos, depoimentos de médicos, todo mundo favorável ao exercício físico para combater as duas pandemias: a da covid-19 e a da inatividade física", observou Beltrão.

Questionamentos e reclamações

Profissionais e empresários lembram também que outros setores da economia foram retomados como construção civil e comércio, mas locais que promovem saúde seguem proibidos de funcionar. 

"A gente quer voltar a trabalhar, voltar a atender, já que quase todos os setores já voltaram. A gente sempre defendeu o isolamento social, mas a gente sempre disse que queria ser o primeiro setor a voltar. Justamente porque a gente promove saúde, previne doenças. E não foi isso que foi visto. A gente viu construção civil, comércio, shoppings, tudo voltando, e as academias e outros locais que promovem saúde como centro de treinamento, boxes, tudo sem poder trabalhar. A gente teve algumas conversas positivas com o governo, mas a gente ainda não tem uma regulamentação do trabalho desses profissionais nos espaços outdoors que já foram autorizados para atividade física individual", comentou, lembrando da divulgação dos protocolos que ainda não foram anunciadas. 

DIVULGAÇÃO
Profissionais de educação física solicitam reabertura do setor - FOTO:DIVULGAÇÃO

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias