CICLISMO

Recife libera Ciclofaixa de Turismo e Lazer a partir de domingo (21); veja as regras

Anúncio foi feito logo após a determinação do Governo do Estado que passou a responsabilidade da liberação de parques, praças e calçadão para os municípios

JC
JC
Publicado em 19/06/2020 às 11:21
Notícia
Foto: Alexandre Gondin/JC Imagem
Usualmente, a Ciclofaixa de Turismo e Lazer reúne cerca de 15 mil pessoas a cada edição, segundo Prefeitura do Recife - FOTO: Foto: Alexandre Gondin/JC Imagem
Leitura:

Suspensa desde o dia 19 de março, há exatos três meses, com intenção de frear a disseminação do novo coronavírus, a Ciclofaixa de Turismo e Lazer do Recife tem funcionamento retomado neste domingo (21). O anúncio foi feito pela prefeitura da cidade nesta sexta-feira (19), logo após a determinação do Governo do Estado que passou a responsabilidade da liberação de parques, praças e calçadão para os municípios da Região Metropolitana do Recife. Além das ciclofaixas, também foram liberadas as caminhadas e corridas nestes locais públicos da cidade.

>> Praia de Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco, liberada para banho de mar a partir deste sábado

>> Reabertura de praias em Porto de Galinhas e no Grande Recife traz alívio para o turismo

>> Prefeitura do Recife anuncia abertura de praias, calçadões e parques para prática de exercícios físicos

>> Saiba o que está permitido a partir deste sábado (20) nas praias, calçadões e parques do Recife

>> Com abertura de praias e parques no Grande Recife, expectativa para retomada das academias aumenta

>> Praias do Janga, Pau Amarelo e Maria Farinha, no Litoral Norte de Pernambuco, têm banho de mar liberado a partir de segunda-feira (22)

>> Olinda libera áreas da orla para atividades físicas; veja quais

>> Saiba como Cabo, Jaboatão e Itamaracá vão proceder com relação à abertura de praias e parques

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), afirmou que, no entanto, haverá restrições para as práticas esportivas. "Continua sendo muito importante o uso da máscara, as medidas de higiene e o distanciamento físico. Todo mundo deve manter os cuidados para que a gente possa garantir que essas conquistas permaneçam em nossa cidade".

A saúde mental e física dos recifenses também foi levada em conta para a decisão da liberação, segundo o Secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia. "Isso significa um impacto importante para a saúde das pessoas. A gente sabe do efeito positivo na saúde mental e na saúde do corpo".

Geraldo Julio anunciou, ainda, que a Ciclofaixa será ampliada, chegando aos 160 km. "Importante dizer também que neste domingo vamos ter a Ciclofaixa de Turismo e Lazer voltando para a cidade de maneira ampliada, com novas conexões com a ciclofaixa fixa da cidade, chegando ao total de 160 km".

A medida de liberação se trata de um teste, ou seja, caso as recomendações sanitárias não sejam cumpridas, poderá ser revogada. "Essa abertura funciona como um teste que, assim como em outras partes do mundo, é sempre um momento de avaliação. Esse teste depende de todos nós, se adotarmos os novos hábitos, conseguirmos cumprir as medidas de isolamento mesmo com a retomada desse tipo de atividade, se der certo e conseguimos uma boa adesão, a gente pode pensar em manter, ou mesmo avançar na reabertura. Se não der certo, há sempre o risco de que seja necessária uma retomada de medidas mais rígidas".

Ciclofaixa de Turismo e Lazer

A cada edição, antes da pandemia, a Ciclofaixa de Turismo e Lazer reúne cerca de 15 mil pessoas, de acordo com a Prefeitura da cidade. Aos domingos e feriados nacionais, das 7h às 16h, a Prefeitura do Recife, por meio das secretarias de Turismo e Lazer e de Mobilidade e Controle Urbano, reserva um espaço em várias vias da cidade para tráfego exclusivo para bicicletas, skates e patins.

Plano de Convivência

O Plano de Convivência com a covid-19, elaborado pelo Governo do Estado, teve início no dia 1º de junho com a abertura das lojas de material de construção e delivery de comércio não essencial. Além disso, até esta sexta-feira (19), já foi permitido o funcionamento de:

  • Varejo de bairro, exclusivamente por delivery, e shoppings, por delivery e drive-thru
  • Comércio atacadista
  • Construção civil com 50% do seu efetivo e em horário livre
  • Clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia.
  • Lojas de varejo com até 200 m² de espaço aberto para clientes.
  • Serviços de venda, locação e vistoria de veículos com 50% dos funcionários
  • Salões de beleza e serviços de estética, com atendimento de um cliente por vez, por agendamento, sem fila de espera e com higienização de um cliente e outro
  • Treinos de futebol profissional

Reabertura de templos

A partir da próxima segunda-feira (22), templos religiosos podem ser reabertos desde que sigam orientações durante o período de pandemia para respeitar o afastamento físico entre as pessoas. É importante ressaltar que pessoas do grupo de risco (idosos maiores de 60 anos, gestantes e pessoas com comorbidades) e crianças menores de 10 anos devem permanecer em casa e acompanhar as celebrações por meios de comunicação como rádio, televisão, internet.

O uso de máscara continua sendo obrigatório durante todo o período em que as pessoas estejam fora de suas casas. Além disso, o governo orienta que os templos disponibilizem acesso fácil a "pias providas com água corrente, sabonete líquido e toalhas descartáveis, sempre que possível".

Dentre as orientações lançadas pelo governo como medida de proteção, fica proibido o compartilhamento de materiais como bíblia, revista, rosário, jornais, e elementos de consagração consagração de uso coletivo devem ser bloqueados.

Após a celebração, o local deve ser rigorosamente desinfetado, principalmente os mais tocados, como os bancos, maçanetas de portas e microfones. No vídeo de anúncio, o governador destacou que os templos devem funcionar com 30% de sua capacidade com distância mínima de segurança de 1,5m entre os participantes, com excessão de integrantes da mesma família que residam juntos. Todos os ambientes devem ser mantidos preferencialmente abertos, arejados e ventilados, de forma natural.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias