Polêmica

Antônia Fontenelle chama DJ Ivis de "paraíba" e Julliete rebate: "Xenofobia"

Apresentadora tentou justificar o que chamou de "força de expressão"

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 12/07/2021 às 19:26
Divulgação
Em postagem no Instagram, a atriz denunciou 'o abandono, o descaso, a lentidão da Justiça, o desamor' - FOTO: Divulgação
Leitura:

Após criticar a agressão cometida pelo DJ Ivis contra a ex-mulher Pamella Holanda, a apresentadora Antônia Fontenelle usou a expressão "paraíba" e acabou gerando uma nova polêmica nas redes sociais. nesta segunda-feira (12). Natural da Paraíba, a ex-bbb Juliette Freire foi uma das que se posicionou e chamou o ato de xenofobia contra paraibanos.

"Esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”, disse Fontenelle sobre o caso do Dj Ivis.

Após o rebuliço, Antônia voltou às redes para responder às críticas e disse que o termo paraíba era "força de expressão" e ainda culpou os "desocupados da máfia digital" pela críticas.

No entanto, uma das pessoas que se levantou contra o termo foi a paraibana Juliette que postou a seguinte mensagem: "Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe “ser Paraíba” e “fazer paraibada”. Existe ser PARAIBANA/O, o que sou com muito orgulho. Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum."

Comentários

Últimas notícias