VÔLEI

Maurício Souza: 'Não vou mudar', diz ex-Minas, anunciando que irá para nova equipe 'daqui a alguns dias'

As declarações foram dadas em entrevista ao Canal "Pilhado", na noite da última sexta-feira (29)

Marcelo Aprígio
Cadastrado por
Marcelo Aprígio
Publicado em 30/10/2021 às 12:39
ANTONIN THUILLIER / AFP
Maurício Souza foi demitido do seu clube. - FOTO: ANTONIN THUILLIER / AFP
Leitura:

Depois de fazer postagens com teor homofóbico, ter o contrato rescindido com o Minas Tênis Clube e ver o técnico da seleção brasileira de vôlei fechar as portas para ele, o central Maurício Souza garantiu que em breve estará em outra equipe. O atleta também disse que não mudará o seu estilo e suas críticas ao movimento LGBTQIA+.

"Vou continuar sendo da mesma forma, não vou mudar. Sempre coloquei meus valores, o que eu acreditava. Desde que eu era ninguém, eu sempre fiz isso. Eu não vou mudar para agradar ninguém", comentou Maurício.

"Vou postar o que acho importante, o que acredito, o que acontece no país", completou o atleta, apoiador público do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nova equipe

Em entrevista ao Canal "Pilhado", na noite da última sexta-feira (29), Souza disse que já busca um novo clube, o que deve se concretizar 'daqui a alguns dias', e comentou ainda sobre a sua relação com Douglas Souza, ponteiro do Tonno Callipo, da Itália.

O atleta de 26 anos, homossexual assumido, foi um dos que mais criticaram Maurício e movimentou as redes sociais.

"Meu empresário já tem alguns times em vista, já estão em negociação. A galera pode ficar sossegada, daqui a alguns dias estou em outra equipe. Não tenho nada contra ele (Douglas). É um jogador fantástico e tem um futuro perfeito pela frente", afirmou Maurício.

Comentários

Últimas notícias