Olho no mercado

Para repor perdas por lesão, Náutico ainda busca mais um reforço para o ataque

Timbu já anunciou as contratações dos meias Dadá Belmonte e Júnior Britez nesta paralisação do futebol pelo novo coronavírus

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 11/04/2020 às 10:42
Notícia
Léo Lemos/Náutico
Lesão no joelho e pandemia da covid-19 deixaram Matheus Carvalho fora das opções do Timbu por um ano. - FOTO: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Mesmo com a pausa forçada do futebol pela pandemia da covid-19, o Náutico não parou de buscar reforços. Neste período de quase um mês, o Timbu anunciou a contratação dos meias Dadá Belmonte, ex-Salgueiro e que estava no Água Santa-SP, e Júnior Britez, paraguaio ex-Ponte Preta e Olímpia-PAR. Por serem jogadores dinâmicos, que podem atuar também nas pontas, o Alvirrubro busca repor as perdas que teve no começo do ano com as lesões de Álvaro e Matheus Carvalho. Ainda assim, tendo fechado com esses dois atletas, é possível que mais um nome seja contratado.

“É possível talvez mais uma contratação ou não. Ou mais uma ou nenhuma. A gente pensa do meio para frente. Temos que qualificar. O Jean Carlos vem em um momento mágico, mas a gente vê que ele vem sobrecarregado. O próprio Erick também a gente entende que, na hora que a gente perdeu muito no lado esquerdo com (as lesões de) Álvaro e Matheus, houve uma sobrecarga de jogadas pelos lados em cima de Erick e aí também ele passou a ser mais marcado”, afirmou o vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga, em entrevista a Alexandre Costa, na Rádio Jornal.

Diferentes opções

A direção alvirrubra busca reforços para o setor ofensivo pelas perdas significativas que teve na temporada. Além do mais, ao repor as lacunas, o time passa a dar opções diferentes quanto a características de jogo para o técnico Gilmar Dal Pozzo. Algo que foi sentido pelo time em momentos neste ano, onde faltava maior variação e qualidade em alguns jogos.

“A gente entende que precisamos reforçar não só para Gilmar escalar o time. Mas também para ter condições de mudar o jogo com uma modificação, com uma opção de característica diferente. Ou também em situação de ter um jogador suspenso ou machucado, a gente ter jogadores de reposição à altura”, completou o dirigente.

Comentários

Últimas notícias