Reforço no gol

Náutico vai encaminhando empréstimo do goleiro Anderson, ex-Santa Cruz

Atleta de 22 anos foi para o Athletico Paranaense depois de uma grande temporada no Tricolor, mas teve pouco espaço no Furacão e está perto de acerto com o Timbu

JC
JC
Publicado em 18/11/2020 às 18:28
Notícia
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ex-Santa Cruz, o goleiro Anderson teve um 2019 de destaque no rival do Timbu - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Náutico segue a busca por mais um goleiro para seu elenco após a saída de Marcão. O nome da vez é do goleiro Anderson, ex-Santa Cruz e atualmente no Athletico Paranaense. A informação foi dada pelo repórter Vinícius Furlán, do Portal Trétis, do Paraná, e confirmada pela reportagem do Jornal do Commercio. O jovem arqueiro de 22 anos é formado na base do Palmeiras e teve seu primeiro ano como profissional no Tricolor do Arruda. Grande destaque do fraco 2019 coral, ele acabou negociado para o Furacão após o fim da Série C. Já existem conversas adiantadas entre o jogador e o Alvirrubro, restando apenas o aval do técnico Hélio dos Anjos.

O interesse do Náutico no goleiro já acontece há algumas semanas, manifestadas na sondagem e negociações entre os dois clubes desde antes da chegada do novo treinador. Quanto ao tempo de duração do contrato, as partes ainda estão em busca de um entendimento, mas o mais provável é que seja mesmo até o fim da Segundona. Devido ao mau momento de Jefferson e a insegurança passada por Halls, que também é jovem e faz suas primeiras partidas como profissional, Anderson chegaria bem avaliado para assumir a titularidade, se assim for da vontade de Hélio dos Anjos.

Na temporada passada o goleiro fez 36 partidas com a camisa do Santa Cruz no Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C, e sofreu 44 gols. Anderson acumulou grandes atuações ao longo do ano, mostrando boa velocidade de reação e posicionamento. Na atual temporada, teve poucas chances no Athletico Paranaense. Disputou apenas cinco partidas, todas no Estadual com o time de transição do Furacão. Ele não chegou a ter nenhuma grande atuação no atual clube, mas também conta com uma pesada concorrência no setor, que possui Santos - constantemente convocado para a Seleção Brasileira - e Jandrei. Dois atletas mais experientes e com maior rodagem que Anderson.

Comentários

Últimas notícias