Covid-19

Imip amplia assistência para o novo coronavírus

Anteriormente apenas grávidas eram atendidas

Katarina Moraes Bruna Oliveira
Katarina Moraes
Bruna Oliveira
Publicado em 22/03/2020 às 12:34
Notícia
Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem
Imip presta assistência a adultos com suspeita da covid-19 - FOTO: Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem
Leitura:

O Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), localizado na área central do Recife, passou a receber, via Central de Regulação, adultos com suspeitas da covid-19. Anteriormente, a assistência era dada apenas às gestantes. A medida seguiu determinação da Secretaria Estadual de Saúde.

Nas últimas 24 horas, o hospital recebeu quatro pacientes, duas mulheres e dois homens, com síndrome respiratória aguda, que podem ser classificados ou não como casos suspeitos da pandemia do novo coronavírus.

Leitos do Hospital da Mulher do Recife serão disponibilizados para atender pacientes com coronavírus

Os 208 leitos do Hospital da Mulher do Recife, localizado no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, serão disponibilizados para atendimento exclusivo de pacientes com o novo coronavírus. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa realizada pela Prefeitura do Recife na manhã deste domingo (22). Pacientes do centro serão transferidas para outras unidades de saúde.

» Coronavírus: conheça os dois hospitais no Recife que receberão exclusivamente pacientes com a doença

» Para enfrentar o coronavírus, Pernambuco terá 100 leitos de UTI nas unidades públicas de saúde

» Garantir leitos de UTI é o maior desafio do SUS para enfrentar o coronavírus

"A Prefeitura do Recife anuncia a criação de 208 leitos para pacientes do novo coronavírus, que vão funcionar no Hospital da Mulher para iniciar a prestação do atendimento aos pacientes que vierem a ser infectados", comunicou o prefeito Geraldo Julio (PSB).

Do total, 54 leitos serão disponibilizados para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e os outros 154 para enfermaria. Segundo a prefeitura do Recife, 12 leitos de UTI e 34 de enfermaria já estão disponíveis para o uso imediato. "O restante [dos leitos] vão ser liberados dia a dia, semana por semana, de acordo com a chegada dos equipamentos e dos profissionais necessários para funcionamento desses leitos", explicou Geraldo Julio.

Transferência

As pacientes do Hospital da Mulher serão transferidas para outras maternidades, policlínicas e para a UPAe (Unidade Pública de Atendimento Especializado) do Arruda, de acordo com o socialista. “Pela transferência de serviços que eram prestados no Hospital da Mulher para outras maternidades, policlínicas e UPA Especialidade do Arruda a gente vai conseguir chegar a esse total [de leitos] anunciado".

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica procurar ajuda médica caso apresente tosse, febre e, principalmente, dificuldade para respirar. Se houver sintomas leves, sem problemas de respiração, a medida recomendada é o isolamento social. Tendo isso em vista, Geraldo Julio afirma que, pacientes com sintomas graves, procurem uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e não o Hospital da Mulher.

"Os pacientes que têm os sintomas do novo coronavírus e pela indicação do protocolo [da OMS] têm a indicação de ir a unidade de saúde, devem ir a uma normal. Eles só serão internados no Hospital da Mulher por indicação médica", orientou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias