Trânsito

Veja como será a fiscalização nas estradas de Pernambuco durante o feriadão

Além do litoral, as rodovias que levam para as cidades do interior do Estado também terão reforço na fiscalização

Mayra Cavalcanti
Mayra Cavalcanti
Publicado em 09/10/2020 às 14:21
Notícia

DIVULGAÇÃO/PRF
Com foco na segurança viária, a PRF, a Operação Lei Seca, o DER e a concessionária Rota dos Coqueiros prepararam esquemas especiais, começando nesta sexta (9) e sábado (10), e seguindo até a segunda - FOTO: DIVULGAÇÃO/PRF
Leitura:

Com a liberação do banho de mar nos litorais Norte e Sul de Pernambuco, além da retomada do funcionamento do comércio nas praias e dos bares e restaurantes, a expectativa é de que a procura por locais como Porto de Galinhas, Tamandaré e Itamaracá durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida, comemorado na segunda-feira (12), seja grande. Com foco na segurança viária, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Operação Lei Seca, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a concessionária Rota dos Coqueiros, via pedagiada que dá acesso ao Litoral Sul, prepararam esquemas especiais, começando nesta sexta (9), e seguindo até a segunda. Além do litoral, as rodovias que levam para as cidades do interior do Estado também terão reforço na fiscalização.

Confira como será feita a fiscalização durante o feriadão:

Rodovias federais

DIVULGAÇÃO/PRF
O foco da operação da PRF estará nas infrações graves, como embriaguez ao volante, falta de dispositivos de segurança como capacete, cinto e cadeirinha, além de ultrapassagens indevidas - DIVULGAÇÃO/PRF

A Operação Nossa Senhora Aparecida 2020, da PRF, teve início nesta sexta-feira (9). De acordo com o órgão, a expectativa é de que haja uma maior movimentação na BR-101 Norte, que leva a Itamaracá, Pontas de Pedra e Catuama, e na BR-101 Sul, que dá acesso a Porto de Galinhas, Muro Alto e Tamandaré. Porém, também é esperado que a BR-232, por onde os condutores podem chegar às cidades do interior, tenha acréscimo no tráfego de veículos.

O foco da operação estará nas infrações graves, como embriaguez ao volante, falta de dispositivos de segurança como capacete, cinto e cadeirinha, além de ultrapassagens indevidas. "Nesta operação teremos apoio de policiais da sede da PRF. No feriado de 7 de Setembro tivemos uma grande movimentação, tanto nas praias, quanto no interior. Por isto estaremos atentos ao Estado todo", relata Cristiano Mendonça, assessor de comunicação da PRF. No último feriadão, a operação Independência registrou 60 acidentes nas BRs de Pernambuco, com 41 feridos e nove mortes. No período, foram emitidas 1.453 autuações.

Cristiano explica que, durante a fiscalização, não há necessidade do condutor sair do carro, a não ser que seja solicitado pela autoridade policial. "Estamos trabalhando com o etilômetro passivo, que detecta a embriaguez sem que o motorista precise soprar", comenta. Segundo ele, ao parar na blitz, o policial irá consultar o veículo e a documentação do automóvel e do condutor. Caso haja sinais de que a pessoa ingeriu bebida alcoólica e está dirigindo, será solicitado que ela passe pelo teste.

"Estamos usando todos os critérios de proteção contra o coronavírus. Todos os policiais estão de máscara, fazendo a higienização das mãos e dos equipamentos com álcool a 70%. São protocolos que estamos adotando desde o início da pandemia", declara. Entre as dicas de segurança dadas pela PRF estão que o motorista calibre e avalie o estado dos pneus antes de viajar, verificando o sistema de freios, a iluminação, o combustível e o óleo do motor. É aconselhável que o condutor esteja descansado e com atenção redobrada. Em caso de emergência, o contato da PRF é o telefone 191.

Operação Lei Seca

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Na blitz da Operação Lei Seca, a capacidade máxima será de 10 condutores, sendo abordado um de cada vez, com distanciamento de 1,5m entre os que estão aguardando - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Com um total de oito equipes, sendo uma educativa, a Operação Lei Seca atuará obedecendo ao protocolo para prevenir a transmissão do novo coronavírus. O policial militar ou agente de trânsito que operar o etilômetro estará de máscara, óculos de proteção ou escudo facial, além de luvas de procedimento. Na blitz, a capacidade máxima será de 10 condutores, sendo abordado um de cada vez, com distanciamento de 1,5m entre os que estão aguardando.

Durante o teste do bafômetro, o aparelho será posto o mais distante possível do operador, que deve higienizar as mãos após o procedimento. De acordo com o coordenador da Lei Seca em Pernambuco, Felipe Gondim, o foco será na segurança, com o objetivo de prevenir acidentes. "Também estaremos com campanhas educativas de conscientização através dos nossos educadores, que são pessoas com deficiência, contando a história do que aconteceu com eles quando se envolveram na mistura álcool e direção", afirma.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) reforça que o uso do álcool em gel nas mãos não traz prejuízo ao motorista no momento do teste do bafômetro. Porém, caso haja questionamento do resultado, ele pode ser submetido ao reteste. O procedimento é feito com um intervalo de 15 minutos. Este tempo é suficiente para que o álcool, do ambiente ou da mucosa da boca, no caso de um enxaguante bucal, tenha evaporado. Caso o reteste seja feito e o resultado for positivo, significa que o álcool detectado é proveniente dos pulmões do condutor, e não do ambiente.

Rodovias estaduais

A partir das 14h desta sexta-feira (9), até as 5h da próxima terça-feira (13), uma lombada eletrônica localizada na PE-060, no município de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife (RMR), será desligada. Equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também estarão presentes nas rodovias, realizando fiscalização. A expectativa é de que o acréscimo no fluxo das rodovias estaduais seja de cerca de 40%. Apenas pela Rota do Atlântico (PE-009), via pedagiada que dá acesso às praias do Litoral Sul, espera-se que passem 70 mil veículos.

Rota dos Coqueiros

AMERICO VERMELHO/ROTA DOS COQUEIROS
A concessionária Rota dos Coqueiros, via pedagiada que leva às praias do Litoral Sul de Pernambuco, montou um esquema, que será iniciado neste sábado (10) - AMERICO VERMELHO/ROTA DOS COQUEIROS

A concessionária Rota dos Coqueiros, via pedagiada que leva às praias do Litoral Sul de Pernambuco, montou um esquema, que será iniciado neste sábado (10), e segue até a segunda-feira (12). Das 8h30 às 17h30, as praças de pedágios de Itapuama e de Barra de Jangada contarão com o apoio de 20 papa-filas, distribuídos nos três dias.

De acordo com a concessionária, no feriado de 7 de Setembro o fluxo foi de cerca de 40 mil veículos, 10% a mais do que o mesmo período do ano passado. Em casos de emergência dentro da rodovia, o condutor pode entrar em contato com o Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU), que funciona 24h, pelo telefone 0800.281.0281. Os 6,5 quilômetros de via pedagiada são monitorados pela Central de Controle Operacional, que conta com 20 câmeras de alta resolução.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias