EleiçõesSJCC

PSTU oficializa candidatura de Claudia Ribeiro à Prefeitura do Recife em convenção partidária

A convenção do PSTU foi feita através de plataforma virtual, neste sábado (5), e também referendou o nome da servidora Kátia Teles como vice-prefeita

JC
JC
Publicado em 05/09/2020 às 20:21
Notícia
SÉRGIO GASPAR
PSTU Chapa com Claudia Ribeiro e Kátia Telles é a única 100% feminina - FOTO: SÉRGIO GASPAR
Leitura:

.
Eleições 2020 - .

O PSTU homologou, neste sábado (5), a candidatura à Prefeitura do Recife da professora da rede municipal Claudia Ribeiro. A convenção partidária foi realizada através de plataforma digital e também referendou o nome da servidora pública da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE),  Kátia Teles, como candidata a vice-prefeita. 

O partido, que faz oposição ao governo do prefeito Geraldo Julio (PSB), apresentou ainda como candidatos a vereadores do Recife uma chapa composta por três professores: a professora Simone Fontana, a professora Ednilde e o Professor Mariano. Além de apresentar um programa municipal, a campanha do PSTU terá como uma de suas bandeiras o combate ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB). De acordo com os candidatos da sigla, o Governo Federal tem adotado práticas consideradas "genocidas".

"Os trabalhadores não podem depositar nenhuma confiança nos projetos que não denunciem e não rompam com o capitalismo, como aqueles que vendem aos trabalhadores a ilusão de governar com setores patronais que se dizem progressistas como fazem PT, PCdoB e PSOL”, discursou Claúdia Ribeiro, após ser indicada candidata a prefeita. 

"Convocamos os trabalhadores e os jovens que estão à frente das ocupações por moradia, das lutas salariais e dos estudantes que denunciam os patrões da rede privada da educação que desejam expor os estudantes a covid-19 a participar ativamente do apoio às nossas candidaturas. Votar nos candidatos socialistas significa fortalecer a estratégia socialista para a sociedade e criar os conselhos populares para administrar a cidade e colocar a riqueza produzida pelos trabalhadores pra servir aos próprios trabalhadores (as) e não a serviços dos exploradores e grileiros que mandam nesta cidade e produzem cada vez mais miséria e exclusão social”, declarou Claudia. 

PERFIL

A candidata do PSTU, que tem 48 anos, é natural do Rio de Janeiro, mas reside no Recife desde os 7 anos. Em 1992, ela foi expulsa do Partidos do Trabalhadores (PT) por discordar da linha política majoritária da época. A organização que Claudia fazia parte era a Convergência Socialista, que posteriormente deu origem ao PSTU. Ela é professora da rede oficial de ensino da Prefeitura do Recife e diretora licenciada do Sindicato dos Professores do Recife - SIMPERE.

.
Eleições 2020 - FOTO:.

Comentários

Últimas notícias