eleições 2020

Charbel Maroun diz que vai investir pesado na navegabilidade do Rio Capibaribe

O candidato a prefeito do Recife Charbel Maroun (Novo) criticou a atual gestão por nunca ter tido "coragem de fazer parcerias" para resolver o problema da mobilidade da cidade

Alice Albuquerque
Alice Albuquerque
Publicado em 22/09/2020 às 18:55
DIVULGAÇÃO
Charbel defende que a gestão municipal tem duas alternativas para resolver os problemas do transporte público no Recife - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

JC
Eleições 2020 - JC

Crítico à gestão Geraldo Julio (PSB), o candidato a prefeito do Recife Charbel Maroun (Novo) garantiu investir na navegabilidade do Rio Capibaribe através de parceria público-privada (PPP), caso eleito. Ele também falou que o Consórcio Grande Recife é "um cartel, monopólio, controlado por poucas empresas".

Depois de ter criticado a candidata delegada Patrícia Domingos (Podemos) por ter defendido a saída do município do Grande Recife Consórcio de Transporte, Maroun comentou que a mobilidade perpassa por vários pontos, iniciando pela mobilidade coletiva do transporte público. "O Consórcio Grande Recife é um cartel, monopólio controlado por poucas empresas, poucas famílias, e que não trazem nenhum benefício para a cidade", afirmou, em entrevista ao Leia Já na segunda-feira (21).

>> 'Entramos como uma via alternativa', enfatiza Charbel Maroun sobre corrida à Prefeitura do Recife

Para Charbel, a gestão deve impor metas e soluções às empresas. "Recife tem que impor ao Consórcio uma solução, aumento da concorrência. Recife criou um Consórcio junto com Olinda e Pernambuco para gerir o trânsito das duas cidades, e ele se mostrou ineficiente. Recife nunca assumiu o protagonismo e deixou nas mãos do Estado. Recife deve assumir o protagonismo, exigindo maior qualidade dos ônibus e concorrência. Outro ponto é a questão da mobilidade individual, ciclo faixas e calçadas, precisam de uma visão forte do município".

"Um prefeito não consegue fazer isso [resolver o problema das calçadas] em um, dois anos, porque a cidade é grande e precisa ampliar e atingir toda a cidade. Agora, ciclo faixas, sim, faz parte da nossa proposta, e calçadas. As pessoas precisam caminhas, só que caminhar nas calçadas é quase impossível. Vamos exigir que as calçadas tenham medidas adequadas, o calçamento adequado para as pessoas caminharem. Idosos, mãe com criança de colo, cadeirante, possível para todo o cidadão poder caminhar. Até porque, calçada faz parte de todos os modais", pontuou.

>> Charbel critica Patrícia Domingos por ter defendido saída da capital do Grande Recife Consórcio de Transporte

O candidato lembrou que a navegabilidade do Rio Capibaribe é promessa antiga na cidade, "e nunca foi cumprida". "A gestão nunca teve coragem de fazer parcerias com a iniciativa privada pra que saísse, e todas as parcerias foram de conchavos. Vamos fazer de verdade, para que o problema seja resolvido. A mobilidade passa por diversos problemas e soluções, e é nesse conjunto que começamos a melhorar a mobilidade do Recife".

Charbel comentou que ao falar de meio ambiente as pessoas só lembram da Amazônia, "esquecemos o meio ambiente urbano" e que o alagamento pode ser resolvido com o saneamento. "Como prefeito do Recife, tem que se lembrar que cuidar dele, é cuidar das pessoas, porque passa pelo saneamento básico e alagamento. Precisamos requalificar as calçadas, as ruas, e nessa requalificação, colocar áreas de drenagem, permeabilização do solo para que a água da chuva possa entrar, aproveitamos e arborizamos a cidade, que precisa de mais áreas verdes, para que a água da chuva possa adentrar o solo e reduzir o alagamento".

Com relação ao marco do saneamento, Maroun ressaltou que ele ajuda na captação de resurso "e no final das contas vai gerar emprego para a cidade com velocidade". "Obra sempre gera emprego rápido e melhora a vida das pessoas. Temos menos de 50% da cidade saneada e quase 60% da população não tem coleta de esgoto".

JC
Eleições 2020 - FOTO:JC

Comentários

Últimas notícias