AÇÃO

Advogado de Luisa Mell pede prisão provisória do ex-marido após acusações de abuso

Ativista acusa o ex-marido de abuso psicológico e ameaças

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 12/10/2021 às 16:00 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
A ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução)
A ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução)
Leitura:

A ativista Luisa Mell e sua equipe jurídica entraram com um pedido de prisão provisória contra o empresário Gilberto Zaborowsky, ex-marido da influenciadora. A ação foi protocolada na terça-feira, 11, pelo advogado Angelo Carbone, usando como base a Lei Maria da Penha.

O pedido vem após as acusações de Luisa Mell contra o ex, e pede que Gilberto não se aproxime a menos de 500 metros da ativista e não entre em contato com ela.

De acordo com a revista Quem, a ação não foi o suficiente para deter as ligações de Gilberto Zaborowsky, que segue procurando Luisa Mell além de proferir ameaças à sua integridade física.

"Existem testemunhas que presenciaram as agressões verbais (violência doméstica) e posteriores à determinação de Vossa Excelência deferida em parte", diz um trecho da ação.

O advogado de Luisa Mell ainda argumenta que tem medo de que ela possa ser agredida ou até mesmo morta. "O temor da querelente (Luisa) chega ao extremo de temer sair de casa, temo pelo filho do casal que o mesmo (Gilberto) afirma que vai levar e que vai sumir do Brasil e a mesma (Luisa) não consegue dormir", declara outro trecho.

Gilberto Zaborowsky e Luisa Mell se separaram em julho deste ano após rumores de infidelidade do empresário. Além disso, a ativista revela que foi submetida a um procedimento estético sem o seu consentimento por conta do marido.

Comentários

Últimas notícias