JUSTIÇA

Filha de piloto do acidente com Marilia Mendonça processará Cemig por queda de avião; veja vídeo

A jovem afirma que torre da Companhia Energética de MG não estava sinalizada, o que pode ter causado a tragédia

Rakeche Nascimento
Rakeche Nascimento
Publicado em 17/11/2021 às 21:22
Reprodução/Instagram
Vitória Medeiros se despediu do pai, Geraldo Medeiros - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Vitória Medeiros, de 19 anos - filha mais velha do piloto Geraldo Medeiros Júnior, que transportava a cantora Marilia Mendonça - disse, nesta quarta-feira (17), nas redes sociais que vai processar a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A artista e outras quatro pessoas morreram no último dia 5, quando viajavam para o interior de Minas Gerais, onde Marilia faria um show, em Minas Gerais.

Segundo Vitória Medeiros, o espaço não estava devidamente sinalizado. Por isso, o avião atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa, em Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, perdeu o controle e caiu.

"Se tivesse essa sinalização, tudo poderia ser diferente e isso vai ser importante principalmente para proteger a vida de outras pessoas caso haja uma emergência", disse a filha do piloto.

O que diz a Cemig

Segundo a companhia, as Normas Técnicas Brasileiras e a regulamentação em vigor são cumpridas, rigorosamente. O advogado de Vitória, Sérgio Alonso, acredita que também tragédia pode ter sido causada pela falta de sinalização das torres de energia.

"Se essa rede não estivesse lá, ou se ela estivesse sinalizada, o acidente não teria acontecido. O causador do acidente foi a rede não sinalizada”, disse através de sua rede social.

Acidente

Durante o voo para Caratinga, em Minas Gerais, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior fez quatro contatos por rádio antes da queda. A tentativa de contato do piloto foi ouvida por outro colega pela frequência local, no dia da tragédia. Medeiros se comunicou com um piloto que guiava um monomotor de Viçosa, também em Minas Gerais, para Caratinga. As informações são do jornal O Globo.

Ataques nas redes sociais 

Vitoria denunciou recentemente ataques recebidos em uma rede social. A moça publicou um comentário que relacionava o acidente a uma atitude do piloto.

Na postagem que enviaram para ela, alguém culpava o seu pai pela queda do avião: "Seu pai errou feio, quis dar uma de sabidão e matou todo mundo", dizia um usuário que ela não identificou. A moça pediu paciência para aguentar as acusações do post.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias