Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

PSG

Ídolo da seleção francesa detona Pochettino: "Messi, Neymar e Mbappé que mandam?"

Craque reclamou da marcação do PSG no jogo contra o Manchester City

Victor Peixoto
Victor Peixoto
Publicado em 25/11/2021 às 13:18
Notícia
Reprodução
Pochettino, técnico do PSG, pode deixar o clube nas próximas semanas. - FOTO: Reprodução
Leitura:

A derrota do PSG para o Manchester City não repercutiu nada bem para o treinador Mauricio Pochettino, que já vinha sendo bastante criticado, mesmo com a derrota não impedindo a classificação antecipada do time francês às oitavas-de-final da Champions League.

Apesar de ter aberto o placar, o PSG foi dominado pelos comandados de Pep Guardiola durante a maior parte da partida, tendo sofrido sérios riscos de sair do Etihad Stadium com uma derrota por um placar mais largo. Uma das maiores críticas, que não são exclusivas do jogo de ontem, é sobre a marcação do time, que não conta com a reposição do trio de ataque Messi, Neymar e Mbappé.

E foi justamente esse o ponto atacado por Thierry Henry, ex-jogador e ídolo do Arsenal e da seleção francesa e atualmente auxiliar de Roberto Martinez na Bélgica, durante participação em um programa esportivo da americana CBS Sports.

"Se você quer ganhar a Champions, não pode defender com apenas sete jogadores. Isso é impossível, não me importo com quem você é. Os laterais ficam expostos, então é praticamente três jogadores do City contra um do PSG. Estou pedindo o mínimo. Não estou pedindo para voltar até a bandeirinha de escanteio marcando, mas para dificultar para o adversário, fechar os espaços, e assim, quem sabe, os laterais ficarão mais seguros".

Uma crítica direta a badalado trio Neymar, Messi e Mbappé, que, como podemos ver na imagem abaixo, não recompõem a linha de marcação.

REPRODUÇÃO
Sem apoio de Messi, Neymar e Mbappé na marcação, Manchester City teve espaço de sobras para criar jogadas contra o PSG - REPRODUÇÃO

Mas, as críticas de Henry foram mais para o treinador Mauricio Pochettino do que, necessariamente, para o trio MNM.

“O treinador tem permissão para ir até eles ou os jogadores mandam? É muito difícil, por que se o treinador não consegue ser forte no que quer fazer e como gosta de jogar, então fica difícil", completou.

De qualquer forma, Pochettino ainda não caiu nas graças da torcida e nem da imprensa mundial e se, não melhorar o desempenho, pode acabar deixando o PSG. De qualquer forma, não ficaria desempregado, já que o Manchester United tem interesse na sua contratação

Enquanto o destino do argentino não se define, ele seguirá comandando o PSG, que se prepara para enfrentar o Saint-Éttiene, domingo, às 9:00 da manhã, pela Ligue 1.

Comentários

Últimas notícias