VACINAÇÃO

Dia D de vacinação contra o sarampo marca o encerramento da campanha

No sábado, os postos de saúde do Recife funcionarão das 8h às 17h para vacinar, prioritariamente, jovens de 20 a 29 anos

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 28/11/2019 às 20:41
Notícia
Foto: Arquivo/Sesau PCR
No sábado, os postos de saúde do Recife funcionarão das 8h às 17h para vacinar, prioritariamente, jovens de 20 a 29 anos - FOTO: Foto: Arquivo/Sesau PCR
Leitura:

Neste sábado (30), acontece o último ‘Dia D’ da vacinação contra o sarampo. No Recife, o evento que marca o encerramento da campanha será na Upinha Eduardo Campos, na Bomba do Hemetério, Zona Norte do Recife, às 9h30. Na oportunidade, o secretário municipal de Saúde, Jailson Correia, estará presente, juntamente com representantes da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde.

No mesmo dia, cerca de 150 postos da Prefeitura do Recife funcionarão das 8h às 17h e o público-alvo da campanha é o jovem que tem de 20 a 29 anos e não possui comprovação do esquema vacinal completo contra o sarampo (duas doses da Tríplice Viral ao longo da vida). A ação é um esforço para interromper a circulação do vírus da doença e proteger o grupo mais acometido pela enfermidade. Os critérios da vacinação foram definidos conforme a situação epidemiológica e taxas de cobertura vacinal.

 

A campanha foi dividida em duas etapas. A primeira fase, que ocorreu entre os dias 7 e 25 de outubro, focou as crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias) que nunca tinham sido imunizadas ou não tinham comprovação de ter recebido as duas doses determinadas para a faixa etária. Já nesta fase, que termina neste sábado (30), foram aplicadas cerca de duas mil doses da Tríplice Viral (que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola) em pessoas de 20 a 29 anos.

A vacina dada aos bebês antes de completarem o primeiro ano de vida é considerada uma ‘dose extra’ (doze zero), pelo Ministério da Saúde. Ela não interfere no calendário de vacinação de rotina, onde a primeira dose oficial é feita aos 12 meses e a segunda, aos 15 anos.

Balanço

Até o fim de outubro, a cobertura vacinal da primeira dose estava em 93%, e a segunda dose em 75%. O ideal é que as duas doses atinjam os 95%. No ano passado, a capital pernambucana ultrapassou, segundo a Secretaria de Saúde, a meta de 95% da cobertura vacinal, para as duas doses, nas crianças que tinham 12 e 15 meses.

Dados epidemiológicos

No Recife, nove casos de sarampo foram confirmados até o momento e outros 93 ainda estão sob investigação. Segundo a Secretaria de Saúde, as medidas de controle (vacinação) estão sendo tomadas desde quando os primeiros casos foram notificados, assim como a vigilância de possíveis novos casos.

Quem está imunizado?

Pessoas de 1 a 29 e de 30 a 49 anos de idade e profissionais de saúde que tomaram as duas doses da vacina são consideradas imunizadas. Quem já teve sarampo ou tem mais de 50 anos e está com as doses em dia, não precisa se preocupar.

E quem nunca tomou a vacina e nunca teve sarampo?

Pessoas que nunca tiveram sarampo, não estão com o esquema de vacinação completo ou perderam o cartão e, porventura, não se lembram de terem tomado a vacina, devem procurar os postos de saúde. Quem tiver fora dos públicos prioritários da campanha, pode procurar as unidades de saúde a partir da próxima segunda, já que a vacinação contra a doença estará disponível.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias