Homem Forte

''Muito contente pela confiança'', afirma executivo do Santa Cruz

Nei Pandolfo foi contratado pelo Santa Cruz para comandar o futebol na próxima temporada

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 03/11/2019 às 10:29
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Nei Pandolfo foi contratado pelo Santa Cruz para comandar o futebol na próxima temporada - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

O Santa Cruz depositou a confiança em resultados positivos na próxima temporada no executivo de futebol Nei Pandolfo. Contratação que animou a torcida devido ao longo e respeitado currículo do diretor remunerado. Aos 58 anos, o ex-jogador acumula uma vasta bagagem em mais de uma função fora das quatro linhas no Brasil e exterior. No atual cargo, ganhou projeção após as passagem pelo Sport, onde conquistou Estadual e Copa do Nordeste, e Bahia, clube que o tirou do Leão pernambucano por uma alta quantia para comandar o projeto do retorno ao Brasileirão.

Antes de pendurar as chuteiras, Nei Pandolfo participou do famoso time do Bragantino que conquistou o título do Campeonato Paulista (1990) sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. Ele também defendeu o Santos, Comercial-SP, Guarani, Ponte Preta e Coritiba. A carreira como dirigente começou na volta a Bragança Paulista no cargo de coordenador técnico.

Nessa função, passou no futebol do Japão e China. Depois retornou ao Brasil como auxiliar técnico e participou de equipes como Santos, Palmeiras e Atlético-MG. Em seguida, iniciou a trajetória como gerente de futebol na Vila Belmiro e participou da conquista do título da Libertadores de 2011, antes de acertar com o Botafogo-SP.

Nei Pandolfo assumiu o status de executivo a partir da passagem pelo Sport. A partir de então, esteve no Bahia, Guarani e o último trabalho foi no Criciúma, na Segunda Divisão desta temporada.

De volta ao Nordeste, Pandolfo não escondeu a motivação para conquistar resultados positivos com o Santa Cruz após dois anos de fracassos dos corais. “Fico muito contente pela confiança. Ao mesmo tempo, isso aumenta a responsabilidade. E não fico receoso. Não será só o trabalho de Nei Pandolfo. Tem toda uma direção por trás, que movimenta outros setores, e todos os departamentos precisam fazer parte da engrenagem para ela não parar de rodar. A presença do presidente Constantino Júnior também é super importante”, comentou, em entrevista à TV JC.

O novo executivo de futebol do Santa Cruz reiterou a necessidade de uma união no clube para deixar a Série C do Campeonato Brasileiro. Ele revelou que, assim que desembarcou no Recife para vestir a camisa tricolor, encontrou os ex-presidentes tricolores para uma longa troca de ideias.

“Tive uma conversa muito boa com os ex-mandatários. Eles estão participando, apoiando o projeto e tudo que envolve o clube. Contribuindo com a reconstrução do CT, reforma do Arruda e finalização do segundo campo do Ninho das Cobras. Todos estão ativos. E a torcida precisa ajudar, se envolver e confiar”, disse Nei Pandolfo.

CONFIRA

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias