TRABALHO

Como pedir aumento ou promoção ao chefe de forma madura e eficiente?

Antes de chamar seu chefe para uma conversa é importante avaliar o cenário com muita cautela e bom senso

Felippe Pessoa
Felippe Pessoa
Publicado em 05/10/2020 às 8:22
Notícia

PIXABAY
Conversar com o chefe num momento de estresse ou de pouca interação entre vocês é dar um tiro n’água. Avalie o melhor momento - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Coragem. Para muitos é isso que falta para pedir o tão desejado aumento salarial. Se você está numa empresa há algum tempo, provavelmente, já teve vontade de pedir um aumento ou aquela merecida promoção a seu chefe. Em algumas empresas mais estruturadas existe um plano de cargos e salários, que deixa claro as metas e o tempo que leva para cada promoção e o consequente aumento salarial. Entretanto, essa não é a realidade de muitas empresas que acabam esperando o funcionário se manifestar ou ter algum êxito para lhe oferecer um novo cargo e salário.

Mas antes de chamar seu chefe para uma conversa é importante avaliar o cenário com muita cautela e bom senso. E algumas regras devem ser seguidas:

Avalie o momento certo

Para pedir aumento ou uma promoção você deve ter, pelo menos, um ano de empresa. Menos que isso é difícil mostrar seu valor, suas realizações e o atingimento das metas. Saiba que promoção é consequência de um bom trabalho realizado.

Dê tempo ao tempo. A hora certa vai chegar.

Observe seu chefe

Uma regra importante é entender como está a situação do seu chefe na empresa, se ele está numa boa fase, se está em dias mais ou menos atribulados e, principalmente, como estão suas entregas.
Conversar com o chefe num momento de estresse ou de pouca interação entre vocês é dar um tiro n’água. Avalie o melhor momento, fique de olho e saiba quando marcar a conversar para tratar o assunto.
Evite falar sobre o assunto logo depois do dissídio, ou assim que chegar das férias. O ideal é quando as coisas estão dentro da normalidade, sem um projeto complexo em andamento ou uma visita importante na empresa.

Se informe sobre o mercado

Estude o mercado. Pesquise como anda a média de remuneração para seu cargo em empresas do mesmo porte e localidade. Sem essas informações você pode ficar sem argumentos tangíveis na hora da conversa.
As grandes consultorias de RH como Hay Group e Mercer divulgam estudos salariais completos. Baseie-se neles para entender até quanto seu aumento pode chegar.

Evite fazer leilão

Se tem uma atitude mal vista pelos gestores é fazer leilão. Sabe quando você busca uma nova posição no mercado só para ter uma proposta salarial mais interessante e voltar para seu chefe e barganhar um aumento? Pois é, evite!

A melhor saída ainda é a transparência. Seu chefe sabe quando você merece um aumento. Na conversa com ele seja honesto e mostre que quer continuar na empresa, mas que a questão salarial é importante.
Fazer leilão salarial pode manchar sua imagem dentro e fora da empresa.

Saiba negociar

Esteja preparado para negociar. Se você pesquisou, fez seus cálculos e acha que merece um aumento de 20%, por exemplo, esteja preparado para uma proposta um pouco abaixo.

Tenha sempre em mente que uma promoção varia de 10% a 20% em relação a sua remuneração atual. Mais que isso pode ser um incoerente de sua parte e menos que isso pode não valer o esforço e a exposição. Agendar uma reunião para pedir um aumento de 5%? Melhor esperar um pouco mais.

Pondere seus argumentos

Numa conversa dessas é importante ter bons argumentos. Fale sobre resultado, leve os números, as metas batidas e superadas, mostre o quanto você colabora para o clima e a formação da equipe.

Saiba que ninguém é promovido por ter feito seu trabalho. É preciso superar as metas, surpreender. Assim, você terá argumentos fortes suficientes para conseguir o que busca.

Mantenha-se calmo e preparado para um não

Nervosismo nesse momento só vai atrapalhar. Mesmo não sendo fácil, tente se manter calmo, fale ponderadamente e esteja preparado para ouvir um não.

Para uma promoção ou aumento salarial vários fatores são relevantes, como o momento da empresa, os planos para o futuro e a situação da equipe. Nem sempre é possível atender a demanda naquele momento, mas seu gestor já saberá que você está buscando um novo passo na empresa e ficará atento.

Evite comparações

Sabe aquele colega de trabalho que tem o salário melhor que o seu? Ou aquele que foi promovido recentemente? Evite falar sobre eles quando for conversar com seu chefe. As comparações nem sempre são aplicáveis e cada caso é um caso.

Foque em você, na sua história na empresa, nas suas realizações. Nada melhor do que exaltar seus méritos para conseguir o que busca.

Saiba o que não falar

Preciso terminar de construir minha casa. Meu filho vai nascer. Preciso quitar o carro. Nada pode ser pior do que esse tipo de argumento. Pedir aumento baseado nesses pontos pode mostrar fraqueza ou vitimismo de sua parte.

Outro argumento comum é o tempo de casa. Evite! Em tempos de meritocracia, pedir aumento poque está na empresa há muito tempo não é o ideal.

Lembre-se: o que faz você ser bem visto e merecedor de um aumento ou promoção é o seu mérito. Por isso, dedique-se, trabalhe com vontade e paixão. Assim, os resultados vêm e seus planos de crescimento na carreira serão uma consequência de sucesso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias