invasão hacker

Alexandre de Moraes é chamado de "ditador" em conta invadida da Câmara dos Deputados

Perfil da Câmara dos Deputados foi invadido; conta publicou postagem a chamar Alexandre de Moraes de "ditador" e a relatar que o ministro do STF estaria unido a Lula para fazer um golpe; veja caso

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 10/02/2024 às 13:40 | Atualizado em 10/02/2024 às 13:45
Notícia
X

Na manhã deste sábado (10), a conta da Câmara dos Deputados na rede social "X", antigo Twitter, foi invadida por hackers. A primeira ação do autor dos ataques à conta da Casa Legislativa foi realizar uma postagem em que chama o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de "ditador"

CONTA INVADIDA DA CÂMARA DOS VEREADORES CHAMA ALEXANDRE DE MORAES DE "DIRETOR"

Após hackear o perfil da Câmara dos Deputados no antigo Twitter, o invasor publicou às 11h09 uma postagem em que chama Alexandre de Moraes de "ditador". Pouco mais de 10 minutos no ar, o material foi excluído.

A publicação declara que o presidente Lula (PT) e Alexandre de Moraes estariam planejando um golpe de Estado. O texto na íntegra trazia o seguinte texto: "O DITADOR Alexandre de Moraes destrói a democracia. Estão planejando um golpe de Estado orquestrado pelo Alexandre e por @LulaOficial. Serei caçado, mas estou lutando contra".

Reprodução X da Câmara dos Deputados
Captura de Tela de postagem de conta invadida da Câmara dos Deputados. Publicação chama Alexandre de Moraes de "ditador" e declara que o ministro do STF e Lula planejam golpe - Reprodução X da Câmara dos Deputados

A postagem também marca os perfis de Jair Bolsonaro (PL), Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), pastor Silas Malafaia e o influencer Monark. A assessoria da Câmara dos Deputados confirmou que a conta foi invadida

  • Quer ficar informado sobre política, eleições e tudo que envolve o jogo do poder? Clique aqui para se inscrever no nosso canal do WhatsApp.

O caso ocorre após uma semana conturbada para grupos alinhados à direita bolsonarista. Isso porque o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus aliados foram alvos de uma operação nesta quinta-feira (08) e diversas revelações trouxeram apontamentos negativos para essa área política. 

 

O entendimento geral é de que o ataque ao ministro Alexandre de Moraes acontece pelo ministro do STF ter sido o responsável por autorizar as diversas ações policiais que expuseram ações da família Bolsonaro e figuras próximas ao grupo.

Ainda neste sábado, Moraes manteve a prisão dos ex-assessores de Bolsonaro, realizada na última quinta. 

O que diz vídeo de reunião com BOLSONARO em 'dinâmica golpista' tornado público pelo STF?

Tags

Autor