COLUNA MOBILIDADE

Quando o carro é usado como arma: motorista persegue e atropela motoboy com caminhonete. Veja vídeo

As imagens são inacreditáveis e mostram como a condução de um veículo é algo perigoso num momento de descontrole

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 22/11/2021 às 14:23
Notícia
Reprodução / Redes sociais
O caso aconteceu domingo (21), em Campinas, no interior de São Paulo - FOTO: Reprodução / Redes sociais
Leitura:

Um exemplo indiscutível de como o carro pode ser usado como arma - no caso de estar nas mãos de pessoas erradas, é claro. Uma confusão entre um motorista e um motoboy deixou uma pessoa sem qualquer relação com o episódio ferida neste domingo (21), em Campinas, no interior de São Paulo. Num vídeo gravado por testemunhas em que parte da briga é mostrada, acontece um desentendimento entre o entregador e o condutor de um Mitsubishi Pajero, que passa a perseguir o motoboy na tentativa de atropelá-lo. São várias tentativas de atropelamento, vale ressaltar.

Nas imagens, que estão viralizando nas redes sociais, é possível ver que o motorista e o motoboy discutem em um semáforo. Após alguns minutos, o motociclista agride o homem com o capacete. A partir daí, a confusão ganha proporções de tentativa de homicídio. O condutor persegue e avança várias vezes sobre o motoboy na tentativa de atropelá-lo. Visivelmente descontrolado, tenta várias vezes até conseguir atropelar o entregador, mas sem gravidade. Em uma das tentativas, chega a colidir a Pajero contra um poste. Em seguida, volta de ré para, mais uma vez, tentar atingir o rapaz. Sem sucesso, desce do carro e os dois começam a lutar fisicamente na rua.

Outro exemplo real do CARRO USADO COMO ARMA: Automóvel usado como arma: TJPE mantém denúncia de feminicídio e farmacêutico acusado de matar esposa jogando carro contra árvore, no Recife, segue preso

Momentos depois, o motorista vai embora, mas é perseguido por motoboys que assistiram à confusão. Essa parte não é filmada. O condutor, segundo testemunhas relataram à Polícia Civil de Campinas, mais uma vez tenta atropelar outros entregadores. Durante a confusão, um outro automóvel, um veículo modelo Toyota Hilux, surge e atinge um terceiro motoboy, que, de acordo com os envolvidos, estava estacionado em frente a uma residência aguardando uma entrega e não tinha envolvimento com o episódio.

O motociclista identificado como Rafael Fagber, de 36 anos, teve fraturas pelo corpo, inclusive pernas e braços, foi socorrido e levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp. Moradores do bairro registraram o momento do resgate. A moto da vítima ficou destruída. A motocicleta do início da agressão e a Pajero também. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial de Campinas como tentativa de homicídio. A Polícia Civil informou que irá investigar o caso, mas não deu detalhes. O primeiro motociclista atingido, que discutiu com o condutor da Pajero, não teve ferimentos. O condutor da caminhonete também não teria se ferido.

Comentários

Últimas notícias