HOSPITAIS

Pernambuco ultrapassa 3 mil leitos do SUS para covid-19 com ocupação de 97% em UTIs

O Estado anunciou que atingiu a marca de 3 mil leitos abertos nesta quinta-feira (3)

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 03/06/2021 às 23:15
Notícia
HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitos de UTI - FOTO: HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) anunciou que Pernambuco atingiu, nesta quinta-feira (3), a marca de 3.017 leitos voltados para atender pacientes com o novo coronavírus. Desse total, 1.760 são de unidades de terapia intensiva (UTI) e 1.257 são de enfermaria. 

Nos últimos dias, foram abertas 65 vagas de UTI e 30 de enfermaria. Do total, 40 leitos de terapia intensiva foram abertos no Agreste, sendo 20 no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, 10 no Jesus Pequenino, em Bezerros, e 10 no Perpétuo Socorro, em Garanhuns; e 20 no Sertão, sendo 10 no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada, e 10 pediátricos no Hospital e Maternidade Santa Maria, em Araripina.

A SES-PE informou, ainda, que foram contratualizados e disponibilizados na Central Estadual de Regulação Hospitalar 20 leitos de enfermaria da rede municipal de Paudalho, na Zona da Mata Norte, e cinco de UTI e 10 de enfermaria na rede municipal de Barreiras, na Mata Sul.

Atualmente, Pernambuco ocupa a 6ª posição no ranking de estados brasileiros com maior quantitativos de leitos de UTI para pacientes com covid-19. 

"Já temos a maior rede de terapia intensiva do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o que tem sido fundamental para salvar vidas e refletem nos indicadores de Pernambuco, que tem a segunda menor taxa de mortalidade pela Covid-19 em 2021 entre todos os estados brasileiros e bem abaixo da média nacional", disse o secretário estadual de Saúde, André Longo. 

Longo pontuou, ainda, o Estado continua a trabalhar "diuturnamente para garantir a assistência à população pernambucana, abrindo leitos e dando suporte aos municípios, mesmo com todas as dificuldades que já começamos a enfrentar, de recursos humanos e fornecimento de insumos, já que estamos próximos ao limite da rede. Mas sabemos que essas ações sozinhas não resolvem a situação, tampouco vão diminuir o sofrimento de diversas famílias em todo o Estado. Precisamos evitar novas contaminações e perdas de vidas e isto só será possível se cada um tomar consciência da gravidade do momento".

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde desta quinta-feira, a taxa de ocupação média dos leitos geridos pela Central de Regulação Hospitalar de Pernambuco está em 91%. Em relação aos leitos de UTI, dos 1.760 leitos, 97% estão ocupados. Já os leitos de UTI estão com ocupação média de 82%. Na rede privada, a taxa de ocupação média dos 721 leitos está em 84%. Dos 483 leitos de UTI, 91% estão ocupados, e 70% dos leitos de enfermaria, de um total de 238, estão com pacientes.

 

 

 

 

Comentários

Últimas notícias