Benefício

Caixa libera saques do auxílio emergencial para 4 milhões nesta quinta (15); veja quem recebe

Este grupo já recebeu o dinheiro na poupança digital desde 25 de setembro

JC
JC
Publicado em 15/10/2020 às 7:19
Notícia

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
O auxílio emergencial é pago pela Caixa Econômica Federal - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

A Caixa Econômica Federal (CEF) realiza novos pagamentos do auxílio emergencial nesta quinta-feira (15). Desta vez, beneficiários inscritos via site ou app, nascidos em setembro, recebem a liberação para saques e transferências da quantia de R$ 600, referente ao Ciclo 2 de pagamentos. Este grupo teve o dinheiro depositado na poupança digital desde 25 de setembro.

>> Governo Bolsonaro anuncia programa que substitui o Bolsa Família; entenda

>> Recebe Bolsa Família e auxílio emergencial? Entenda por que o Renda Cidadã, novo programa do governo Bolsonaro, afeta sua vida

Prorrogação

A primeira parcela residual do auxílio para aqueles que não são beneficiários do Bolsa Família é paga desde 30 de setembro. Os créditos tiveram início para os trabalhadores nascidos em janeiro. Inicialmente, a quantia é debitada na poupança digital da Caixa, e somente a partir de 30 de outubro os nascidos em janeiro poderão fazer o saque dos recursos (veja calendário abaixo).

Quem deve receber 

Somente os trabalhadores que receberam a primeira parcela de R$ 600 do auxílio emergencial em abril, terão direito a todas as quatro parcelas da prorrogação. Os que receberam a primeira parcela em maio terão direito a três parcelas da prorrogação, enquanto os que receberam em junho terão direito a apenas duas parcelas, e assim por diante. 

"Quem passou a receber a partir de julho, por exemplo, terá direito às cinco parcelas de R$ 600 e a mais uma parcela do novo benefício, que será paga no mês de dezembro", informou a Cidadania.

Veja calendário do primeiro pagamento:

Nascidos em janeiro: depósito em 30/09 e saque em 07/11 
Nascidos em fevereiro: depósito em 05/10 e saque em 01/11 
Nascidos em março: depósito em 07/10 e saque em 14/11
Nascidos em abril: depósito em 09/10 e saque em 21/11 
Nascidos em maio: depósito em 11/10 e saque em 21/11
Nascidos em junho: depósito em 14/10 e saque em 24/11 
Nascidos em julho: depósito em 16/10 e saque em 26/11
Nascidos em agosto: depósito em 21/10 e saque em 28/11
Nascidos em setembro: depósito em 25/10 e saque em 28/11
Nascidos em outubro: depósito em 28/10 e saque em 01/12
Nascidos em novembro: depósito em 29/10 e saque em 05/12
Nascidos em dezembro: depósito em 01/11 e saque em 05/12

Quem recebe: 

- Inscritos via site ou app que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em maio, recebem a primeira parcela da prorrogação;
- Aprovados que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto, recebem a primeira parcela da prorrogação;

>>CGU arma que Brasil pode ter perdido até R$ 4 bilhões por fraudes no auxílio emergencial

>>Auxílio emergencial chegou a 30,2 milhões de domicílios em julho, diz IBGE

Beneficiários do Bolsa Família

Os pagamentos para inscritos no auxílio emergencial que já recebem o Bolsa Família seguem o calendário do próprio benefício. A data de pagamento aos beneficiários do Bolsa Família é realizada de acordo com o Número de Identificação Social (NIS), diretamente nas agências da Caixa.

Tal grupo terminou de receber a primeira parcela da prorrogação em 30 de setembro. Agora, este grupo recebe a segunda parcela de R$ 300 entre os dias 19 e 30 de outubro, de acordo com o calendário já pré-determinado pelo programa.

Segunda parcela da prorrogação

NIS 1 - 19 de outubro

NIS 2 - 20 de outubro

NIS 3 - 21 de outubro

NIS 4 - 22 de outubro

NIS 5 - 23 de outubro

NIS 6 - 26 de outubro

NIS 7 - 27 de outubro

NIS 8 - 28 de outubro

NIS 9 - 29 de outubro

NIS 0 - 30 de outubro

Ciclos

O pagamento do auxílio emergencial feito pela Caixa Econômica Federal é dividido em quatro ciclos e cada ciclo é dividido em duas etapas, a primeira é quando o beneficiário recebe a quantia na poupança digital, e a segunda é quando o beneficiário pode realizar transferências e saques. Neste formato, o inscrito recebe a sua devida parcela conforme a data em que teve o cadastro aprovado. Sendo assim, sempre que um ciclo é iniciado, cada beneficiário, independente da parcela que esteja esperando, começa a receber (Veja calendários abaixo). 

>>Confira o calendário de crédito e saque da quinta parcela do auxílio emergencial

>>Auxílio emergencial manteve economia ativa em municípios mais pobres, diz estudo da UFPE

>>'Pode esperar que vamos pegar', diz Lorenzoni sobre quem recebeu auxílio emergencial indevidamente

>>Auxílio emergencial e isolamento social impulsionam vendas do setor de cama, mesa e banho

Ciclo 1

A primeira etapa do Ciclo 1 é de 22 de julho a 26 de agosto, quando os beneficiários inscritos pelo app ou site, recebem o crédito em conta. Já a segunda etapa do mesmo ciclo é entre os dias 25 de julho e 17 de setembro, quando há a liberação para saques e transferências. Este ciclo já foi finalizado.

Pagamentos deste ciclo:

- Beneficiários que fizeram a contestação entre os dias 3 de julho e 16 de agosto recebem a 1ª parcela;

- Beneficiários aprovados em junho e julho recebem a primeira parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em junho recebem a segunda parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à parcela em maio de 2020 recebem a terceira parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em abril de 2020 recebem a quarta parcela.

Confira o calendário do Ciclo 2

A primeira etapa do Ciclo 2 foi de 28 de agosto a 30 de setembro, quando os beneficiários inscritos pelo app ou site, receberam o crédito em conta.  Já a segunda etapa do mesmo ciclo aconteceu entre os dias 19 de setembro e 27 de outubro, quando houve a liberação para saques e transferências. Este é o ciclo atual. 

Nascidos em janeiro: depósito em 28/08 e saque em 19/09
Nascidos em fevereiro: depósito em 02/09 e saque em 22/09
Nascidos em março: depósito em 04/09 e saque em 29/09 
Nascidos em abril: depósito em 09/09 e saque em 01/10
Nascidos em maio: depósito em 11/09 e saque em 03/10
Nascidos em junho: depósito em 16/09 e saque em 06/10 
Nascidos em julho: depósito em 18/09 e saque em 08/10 
Nascidos em agosto: depósito em 23/09 e saque em 13/10
Nascidos em setembro: depósito em 25/09 e saque em 15/10 - HOJE
Nascidos em outubro: depósito em 28/09 e saque em 20/10 
Nascidos em novembro: depósito em 28/09 e saque em 22/10
Nascidos em dezembro: depósito em 30/09 e saque em 27/10 

Pagamentos deste ciclo:

-  Trabalhadores que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores e tiveram o pagamento suspenso em agosto, receberão o pagamento de todas as parcelas restantes;

- Beneficiários aprovados nas agências dos Correios entre os dias 8 de junho e 2 de julho recebem a 1ª parcela;

- Beneficiários aprovados em junho e julho recebem crédito e saque da 2ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em junho recebem crédito e saque da 3ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em maio de 2020 recebem crédito e saque da 4ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em abril de 2020 recebem crédito e saque da 5ª parcela.

Confira o calendário do Ciclo 3

A primeira etapa do Ciclo 3 é de 30 de setembro a 01 de novembro, quando os beneficiários inscritos pelo app ou site, recebem o crédito em conta. Já a segunda etapa do mesmo ciclo é entre os dias 07 de novembro e 05 de dezembro, quando há a liberação para saques e transferências. Este também é o ciclo atual.

Nascidos em janeiro: depósito em 30/09 e saque em 07/11 
Nascidos em fevereiro: depósito em 05/10 e saque em 07/11
Nascidos em março: depósito em 07/10 e saque em 14/11
Nascidos em abril: depósito em 09/10 e saque em 21/11
Nascidos em maio: depósito em 11/10 e saque em 21/11
Nascidos em junho: depósito em 14/10 e saque em 24/11 
Nascidos em julho: depósito em 16/10 e saque em 26/11
Nascidos em agosto: depósito em 21/10 e saque em 28/11
Nascidos em setembro: depósito em 25/10 e saque em 28/11
Nascidos em outubro: depósito em 28/10 e saque em 01/12
Nascidos em novembro: depósito em 29/10 e saque em 05/12
Nascidos em dezembro: depósito em 01/11 e saque em 05/12

Pagamentos deste ciclo:

- Beneficiários que fizeram a contestação entre os dias 3 de julho e 16 de agosto recebem a 2ª e a 3ª parcela;

- Beneficiários aprovados nas agências dos Correios entre os dias 8 de junho e 2 de julho recebem a 2ª e a 3ª parcela

- Beneficiários aprovados em junho e julho recebem crédito e saque da 3ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em junho recebem crédito e saque da 4ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em maio de 2020 recebem crédito e saque da 5ª parcela.

Confira o calendário do Ciclo 4

A primeira etapa do Ciclo 4 é de 30 de outubro a 10 de novembro, quando os beneficiários inscritos pelo app ou site, recebem o crédito em conta. Já a segunda etapa do mesmo ciclo é entre os dias 07 de novembro e 05 de dezembro, quando há a liberação para saques e transferências.

Nascidos em janeiro: depósito em 30/10 e saque em 07/11
Nascidos em fevereiro: depósito em 04/11 e saque em 07/11
Nascidos em março: depósito em 05/11 e saque em 14/11
Nascidos em abril: depósito em 06/11 e saque em 21/11
Nascidos em maio: depósito em 08/11 e saque em 21/11
Nascidos em junho: depósito em 11/11 e saque em 24/11
Nascidos em julho: depósito em 12/11 e saque em 26/11
Nascidos em agosto: depósito em 13/11 e saque em 28/11
Nascidos em setembro: depósito em 15/11 e saque em 28/11
Nascidos em outubro: depósito em 16/11 e saque em 01/11
Nascidos em novembro: depósito em 18/11 e saque em 05/12
Nascidos em dezembro: depósito em 20/11 e saque em 05/12

Pagamentos deste ciclo: 

- Beneficiários que fizeram a contestação entre os dias 3 de julho e 16 de agosto recebem a 4ª e a 5ª parcela;

- Beneficiários aprovados nas agências dos Correios entre os dias 8 de junho e 2 de julho recebem a 4ª e a 5ª parcela;

- Beneficiários aprovados em junho e julho recebem crédito e saque da 4ª e da 5ª parcela;

- Beneficiários que tiveram acesso à primeira parcela em junho recebem crédito e saque da 5ª parcela.

» CGU arma que Brasil pode ter perdido até R$ 4 bilhões por fraudes no auxílio emergencial

» Auxílio emergencial chegou a 30,2 milhões de domicílios em julho, diz IBGE

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias