VOLTA AOS TRABALHOS

Elenco do Santa Cruz se apresenta nesta segunda-feira, no Arruda, para testagem da covid-19

Lateral-direito Júnior, de 28 anos, comemora retorno das atividades no clube e mira início da Série C

Filipe Farias
Cadastrado por
Filipe Farias
Publicado em 14/06/2020 às 18:53
Rafael Melo/ Santa Cruz
Lateral-direito Júnior diz que, antes da pandemia, vivia seu melhor momento com a camisa do Santa Cruz - FOTO: Rafael Melo/ Santa Cruz
Leitura:

A ansiedade dos jogadores do Santa Cruz está próxima de acabar. Após exatos três meses em isolamento, por conta da pandemia do novo coronavírus, os tricolores se apresentam na manhã desta segunda-feira (15), no estádio do Arruda, para serem submetidos a testagem da covid-19. De acordo com o vice-presidente médico coral, doutor Antônio Mário Valente, cerca de 80 pessoas serão testadas (entre atletas, comissão técnica e funcionários envolvidos nesse retorno das atividades no clube) e, para que isso aconteça de maneira ordeira e sem riscos, o esquema que será utilizado será ao estilo drive-thru. Quem for participar da coleta, entra no clube por uma das entradas do estádio José do Rego Maciel, espera em seu veículo para que possa passar por todo o procedimento e, após ser avaliado, sai por outro portão.

"A expectativa é grande para esse retorno. Até porque o Santa Cruz vinha numa fase muito boa, líder do Campeonato Pernambucano e, particularmente, eu estava vivendo a melhor fase no clube. Espero que todos nós possamos continuar do mesmo jeito que antes para darmos sequência nas próximas competições que teremos durante o ano e começar com a mesma pegada na Série C", comentou o lateral-direito Júnior.

Apesar desse desejo de já iniciar os treinamentos fortes e visando a retomada das partidas, o ala tricolor sabe que isso ainda pode demorar a acontecer. "A gente está voltando (para o Recife) e está agendado para fazermos esses exames na segunda-feira (15). Depois que saírem os resultados vamos treinar em grupos separados, mas sem previsão para voltar os jogos ou até mesmo os treinos coletivos. Isso vai demorar um pouco ainda para acontecer. Claro que queremos fazer o nosso trabalho da melhor forma possível, com a torcida nos estádios, do jeito que tem de ser o futebol. Mas enquanto isso não acontecer, vamos fazer o que dá até que o Governo do Estado libere tudo (volta das partidas com torcida) e esperando que tudo normalize o quanto antes", desejou.

Natural do município de Pão de Açúcar, nas Alagoas, o lateral Júnior passou os 90 dias de isolamento em sua cidade natal. E, mesmo procurando cumprir à risca as determinações do preparador físico tricolor Carlos Gamarra, ele sabe que não conseguiu obter o mesmo desempenho quando faz as atividades no clube. "Aqui tem uma praia grande e que dá pra fazer os trabalhos tranquilamente. Vinha me cuidado e fazendo os trabalhos físicos, mas não é fácil quando a pessoa não tem alguém no seu pé todo dia para fazer os exercícios. Eles (membros da comissão técnica) até que pegavam e falavam com a gente todo dia pelo celular, mas não é a mesma coisa. Procurei manter o meu peso para quando voltar não me apresentar muito abaixo do preparo físico ideal. Voltar como estava antes para entrar bem nas competições que teremos pela frente", contou.

INÍCIO DOS TREINOS

Como a segunda-feira (15) será apenas para a realização das testagens e coletas de sangue, a expectativa do departamento médico do Santa Cruz é que no mesmo dia (ou no máximo na terça-feira pela manhã) já tenha em mãos os resultados de todos aqueles que foram examinados para que possa dividir os grupos e cuidar daqueles que testarem positivos. A ideia da comissão técnica tricolor é separar o elenco (30 atletas ao todo) em cinco grupos de seis jogadores, que irão treinar em horários diferentes e com todas as atividades sendo realizadas no CT Ninho das Cobras.

Comentários

Últimas notícias