Polêmica

Entenda o caso de Maurício Souza, o jogador de vôlei que foi demitido do 'Minas Tênis Clube'

Maurício Souza foi acusado de realizar comentários homofóbicos nas redes sociais e os patrocinadores pediram uma atitude do time Minas Tênis Clube

JC
JC
Publicado em 27/10/2021 às 8:06
Notícia
Reprodução / Instagram
Mauricio Souza - FOTO: Reprodução / Instagram
Leitura:

O jogador de vôlei Maurício Souza foi afastado do time Minas Tênis Club após se envolver uma acusação de homofobia. Ele realizou comentários homofóbicos nas redes sociais e o caso ganhou repercussão negativa na internet. Tanto que os patrocinadores pediram uma atitude rápida do time, que decidiu afastá-lo.

Vale destacar que esse não foi o primeiro caso de homofobia no mundo dos esportes. Infelizmente, esta é uma situação frequente e que abrange desde jogadores de futebol a nadadores. Não existe um setor que fique impune a esse tipo de comentários.

O caso viralizou nas redes sociais após Maurício Souza criticar a editora DC Comics por ter anunciado que o personagem Super-Homem vai se descobrir bissexual em uma nova história em quadrinhos. Ao ver a novidade, o atleta escreveu: “Ah, é só um desenho, não é nada demais... Vai nessa que vai ver onde vamos parar...”.

Outro jogador de vôlei, Douglas Souza, que é homossexual, mandou uma indireta para o colega de profissão, mas sem citar nomes. Ele postou nas redes sociais: “Engraçado que eu não 'virei heterossexual' vendo os super-heróis homens beijando mulheres... Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade para sua heterossexualidde frágil. Vai ter beijo sim. Obriago, DC, por pensar em representar todos nós e não só uma parte”.

Os patrocinadores do time Minas Tênis Clube repudiaram a atitude de Maurício Souza e pediram as medidas cabíveis o mais rápido possível.

No início, o time informou que os atletas “têm liberdade para se expressar livremente”. Porém, com a pressão, a agremiação decidiu afastar Maurício Souza por tempo indeterminado. Segundo a revista Veja, ele ainda deverá pagar uma multa e está sendo orientado a fazer uma retratação pública.

Rescisão e pronunciamento

Na tarde desta quarta-feira, 27, O Minas Tênis Clube anunciou a rescisão do contrato com o jogador de vôlei. “O Minas Tênis Clube informa que o atleta Maurício Souza não é mais jogador do Clube” informou a nota publicada pelo clube.

Ainda nesta quarta-feira, Maurício publicou uma retratação em formato de vídeo no seu Instagram. Na mensagem, ele afirma que pede desculpas a "todos que se sentiram ofendidos com minha opinião, por eu defender aquilo que eu acredito. Não foi minha intenção assim como vocês defendem aquilo que vocês acreditam, eu também tenho o direito de defender aquilo que eu acredito."

Na legenda da publicação, ele ainda ressaltou que era apenas "sua opinião" e "hoje estou pedindo desculpas por minha opinião ter ofendido alguém! Ter opinião e defender o que se acredita não é ser homofóbico nem preconceituoso! Desculpa mais uma vez", finalizou. 

Novo pronunciamento

Já nesta quinta-feira, 28, após a notícia da demissão, Maurício Souza voltou a se manifestar sobre o ocorrido. Ele afirma que a culpa do seu desligamento não foi do Minas Tênis Clube, mas sim da "lacração" que não concorda com as suas opiniões contra a comunidade LGBTQIA+. Além disso, o atleta publicou uma imagem do Superman beijando a Mulher Maravilha, como forma de 'indireta' à sua polêmica envolvendo o herói. 

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Mauricio Souza (@mauriciosouza17)

Carreira

Agora demitido, Maurício Souza avalia as propostas de outros clubes que tem recebido. Durante live ele revelou que já recebeu convite de times tanto do Brasil quanto de fora, e cita a "lacração" novamente. "Meu empresário está com medo de eu ficar aqui no Brasil. Talvez a melhor opção seja sair do país mesmo", avaliou. 

Nas redes sociais, o atleta segue ganhando visibilidade e já ultrapassou os 2,5 milhões de seguidores apenas no Instagram. A ex-Rouge, Luciana Andrade, chegou a discutir com os fãs após começar a seguir Maurício como forma de apoio. 

Comentários

Últimas notícias