Investigação

BBB 22: Suspeito de vazar vídeo íntimo de Natália Deodato é identificado pela Polícia

Natália Deodato é uma das participantes do BBB 22. Jogadora teve vídeo íntimo vazado propositalmente depois que entrou no reality

Pedro Oliveira
Pedro Oliveira
Publicado em 24/01/2022 às 19:56 | Atualizado em 26/01/2022 às 12:36
Reprodução/TV GLOBO
Natália Deodato é uma das participantes do BBB 22. Jogadora teve vídeo íntimo vazado propositalmente depois que entrou no reality - FOTO: Reprodução/TV GLOBO
Leitura:

Natália Deodato, uma das emparedadas desta semana no Big Brother Brasil 2022, teve um vídeo íntimo vazado propositalmente na última semana. A Polícia Civil de Minas Gerais foi acionada pela família da jogadora já que compartilhar cenas íntimas sem o consentimento das pessoas que aparecem nas imagens é crime. 

O registro começou a ser compartilhado depois de dois dias que Natália Deodato entrou na casa, na última segunda-feira (17). Mãe da designer de unhas, Daniela Rocha revelou à Polícia que recebeu o vídeo íntimo da filha em um grupo de WhatsApp criado pelo suspeito do crime.

A partir daí, as investigações começaram a ganhar corpo. A Polícia Civil de Minas Gerais, aliás, já tinha traçado o perfil do suspeito: um homem de 39 anos. Nesta segunda-feira (24), o órgão confirmou ao portal Splash, do UOL, que o rapaz foi identificado e vai receber uma intimação em breve para prestar depoimento e explicar o por quê realizou a prática criminosa.

O que disse a Polícia sobre as investigações do suspeito de vazar vídeo íntimo de Natália Deodato, do BBB 22?

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que as investigações seguem a todo o vapor. Nos próximos dias, o suspeito de vazar o vídeo íntimo de Natália Deodato vai ser intimado. "A Polícia Civil de Minas Gerais informa que instaurou inquérito policial e diligências estão sendo realizadas para apuração dos fatos. O suspeito será intimado nos próximos dias. Não serão divulgadas as datas de oitivas (audiências) do suspeito, de 39 anos", diz nota da Polícia Civil de Minas Gerais ao portal.

Nas imagens, Natália Deodato aparece praticando sexo oral em um homem. A equipe da integrante do BBB 22, inclusive, chegou a se pronunciar sobre o caso depois o vídeo teve repercussão nas redes sociais, na última quarta-feira (19). "Já temos conhecimento do vídeo que está circulando! Tomaremos as providências cabíveis!", escreveu a equipe da designer, pedindo também para que as pessoas não compartilhem o conteúdo.

Mãe de Natália Deodato se pronunciou sobre vídeo íntima da filha

Daniela Rocha disse, em entrevista ao G1, que fez questão de registrar um boletim de ocorrência para denunciar o suspeito. Ela disse ainda que, além das imagens de sexo, recebeu algumas montagens enviadas pelo homem de 39 anos. Clique aqui e confira na íntegra o que disse a mãe de Natália Deodato sobre o caso.

Compartilhar vídeo íntimo sem o consentimento da pessoa é crime

O vazamento do vídeo íntimo Natália Deodato reforça a lei 13.718/2018. Segundo o código, o compartilhamento e exposição das imagens íntimas na internet é crime e pode gerar pena de 1 a 5 anos de reclusão.

Natália, infelizmente, não foi a única a passar pela situação. Em 3/1/2022, MC Mirella notificou judicialmente Nelson Rubens após o apresentador ter postado um nude da cantora em suas redes sociais; relembre o caso:

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias