POLÊMICA

Foto postada no Facebook de Aquarius sem as Torres Gêmeas repercute nas redes

Diretor Kleber Mendonça Filho levantou a polêmica novamente através de suas redes sociais

JC Online
JC Online
Publicado em 04/09/2016 às 17:36
Foto: Reprodução/ Internet
Diretor Kleber Mendonça Filho levantou a polêmica novamente através de suas redes sociais - FOTO: Foto: Reprodução/ Internet
Leitura:

Após uma semana da estreia do filme Aquarius, no Recife, uma foto postada nas redes sociais da película e do diretor Kleber Mendonça Filho sem as famosas "Torres Gêmeas" do Cais de Santa Rita, no bairro de São José, tem repercutido bastante.

No Facebook, Kleber faz um comentário em cima da foto. "O filme é meu e quem manda nele sou eu", afirmou. O filme é uma crítica sobre especulação imobiliária no Recife, em que uma construtora faz grandes investidas a uma jornalista, interpretada pela atriz Sônia Braga, para comprar último prédio de estilo antigo da Avenida Boa Viagem.

Amigos e seguidores do diretor manifestaram aprovação na retirada das torres na cena do filme. Um deles, inclusive, fez uma observação em outro prédio, que segundo ele tem arquitetura fora dos padrões da localidade. "Além das torres da Moura Dubeux deveriam ter apagado também o Edifício Firmino Fernandes na rua José de Alencar, bairro da Boa Vista, outra aberração arquitetônica que fere a lei de preservação dos sítios históricos com seu gabarito desproporcional", escreveu Kleyton Anderson, na página do diretor.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias