bônus educação

Bônus de R$ 164,4 milhões é pago aos professores de Pernambuco nesta sexta (13)

Secretaria de Educação libera nesta sexta (13) R$164,4 milhões do profissionais da educação de Pernambuco às vésperas do Dia dos Professores, veja quem recebe

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 13/10/2023 às 10:16
Notícia
X

Nesta sexta-feira (13), o Governo de Pernambuco disponibiliza R$ 164,4 milhões para mais de 26 mil profissionais da Educação através do Bônus de Desempenho Educacional (BDE). A distribuição dos recursos ocorre próximo do Dia dos Professores, que ocorre neste domingo (15).

A divulgação do valor pago aos profissionais elegíveis a receber foi publicada no Diário Oficial do Estado de Pernambuco nesta quinta-feira (12). O valor é de precisamente R$ 164.446.516,91 (cento e sessenta e quatro milhões quatrocentos e quarenta e seis mil quinhentos e dezesseis reais e noventa e um centavos).

As informações apontadas pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco é de que o valor médio a ser recebido pelos profissionais é de R$ 5.690,69, a quantia máxima possível passa de R$ 13 mil. O montante depende da trajetória salarial de cada profissional. 

De acordo com o Governo de Pernambuco, o valor do BDE é um prêmio para os servidores que promoveram melhorias na educação e aprendizagem, assim como garantiram o atingimento de metas no estado. 

A secretária de Educação e Esportes de Pernambuco, Ivaneide Dantas, declarou que "Esse bônus,  anunciado na semana em que comemoramos o Dia do Professor, é um reconhecimento ao esforço dos profissionais que diariamente trabalham para alcançar as metas e garantir que tenhamos uma Educação de qualidade em Pernambuco. É dessa forma que vamos transformar a Educação do nosso estado".

PISO PROFESSORES: tudo o que se sabe sobre o reajuste

Quem serão os profissionais da Educação que receberão bônus?

A secretaria relata que vão receber o recurso aqueles que exerceram funções vinculadas com processos educacionais e nas metas atingidas tanto pelas escolas estaduais, como pelas Gerências Regionais de Educação (GREs) e na Secretaria de Educação.

Os profissionais da Educação que receberão o recursos serão aqueles que atuam em escolas que realizaram avaliações externas (tanto o nacional Ideb, quanto o estadual Idep). Como essas avaliações são feitas no 5º ano do Ensino Fundamental, 9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio, apenas instituições que tenham matrículas nessas séries são inclusas. 

Também estão aptos a receber aqueles servidores que tiveram pelo menos seis meses em exercício efetivo em unidade escolar elegível, em alguma GRE ou na sede da Secretaria de Educação de Pernambuco. 

Tags

Autor