PANDEMIA

Como vai funcionar o isolamento rígido para combater o coronavírus em Pernambuco? Tire suas dúvidas

A partir deste sábado (16), Pernambuco adotará medidas de isolamento social mais rígidas para combater a proliferação do novo coronavírus

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 14/05/2020 às 17:45
Notícia
Sergio Bernardo/JC Imagem
Uso obrigatório de máscaras, restrição de circulação de pessoas e rodízio de veículos são algumas das novas medidas aplicadas pelo Governo de Pernambuco - FOTO: Sergio Bernardo/JC Imagem
Leitura:

Os números de infectados e mortos pelo novo coronavírus em Pernambuco seguem crescendo. Por isso, o Estado vai adotar medidas mais rígidas de isolamento social a partir deste sábado (16) - os pernambucanos tiveram cerca de uma semana para se adaptar às novas regras. Porém, a necessidade de implementação rápida das novas medidas deixam muitas dúvidas. Pensando nisso, o Jornal do Commercio listou e respondeu as perguntas mais comuns relacionadas à quarentena reforçada. No fim desta matéria você poderá ver e imprimir o modelo de declaração para comprovar que você faz parte das atividades essenciais.

>> Veja e imprima modelo de declaração para comprovar na rua que você integra categoria de atividades essenciais no Grande Recife

O período de restrição intensa valerá, inicialmente, por 15 dias, de 16 a 31 de maio. As cidades pernambucanas onde essas medidas serão adotadas são: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, todas na Região Metropolitana.

>> Babá de filhos de trabalhadores da saúde e de segurança agora é atividade essencial em Pernambuco; veja outras categorias

>> Saiba quais são as atividades essenciais autorizadas a funcionar em Pernambuco durante a pandemia do coronavírus

>> PRF descarta bloqueios de rodovias no Grande Recife durante endurecimento do isolamento

>> Veja onde profissionais de saúde e segurança pública do Recife podem realizar teste para novo coronavírus

>> Farmácia de Pernambuco realiza entrega de medicamentos para usuários em domicílio

Dúvidas frequentes sobre o isolamento rígido em Pernambuco

É obrigatório usar máscara?

Sim. A máscara deverá ser usada pela população em geral sempre que houver necessidade de sair de casa para comprar um produto/serviço essencial ou para prestar atividade essencial. Pessoas sem máscaras, em vias públicas, serão orientadas a retornar para suas casas. Os estabelecimentos comerciais ou transporte público serão autuados quando for constatada a presença de pessoas sem o uso da peça.

>> Passageiros sem máscara serão barrados nos ônibus e no Metrô do Recife

Como será a restrição de circulação de pessoas?

A circulação de pessoas será controlada, com exigência de documento de identificação, comprovante de residência e justificativa do destino e finalidade essencial para a saída de casa. Permanecem permitidas todas as atividades essenciais, como funcionamento de supermercado, farmácias e atendimento médico. Nesta quinta-feira (15), novas categorias foram incluídas, como babás de filhos de trabalhadores da saúde e de segurança, trabalhadores de padarias, farmácias e postos de gasolina, por exemplo.

Recomenda-se que as pessoas que precisem sair se dirijam a estabelecimentos próximos a suas residências. Quem trabalha em atividade essencial deve portar declaração assinada pelo empregador. Caso sejam abordadas pela fiscalização, essas pessoas devem comprovar que estão desempenhando atividades essenciais, que não sofreram mudança com o novo decreto. 

>> Secretário avisa que polícia "não só pode, como vai" proibir aglomerações nas ruas

Posso sair de carro durante o isolamento? 

Apenas para atividades essenciais e obedecendo o rodízio. Veículos com final da placa em número par podem circular nos dias pares, veículos com o final da placa número ímpar, nos dias ímpares. Motoristas de transporte por aplicativo também deverão seguir esse rodízio: eles só poderão circular dia sim, dia não. O decreto determina realização de ações de fiscalização e a apreensão dos veículos sem autorização para transitar. Só poderão circular veículos com até três pessoas, incluindo o motorista, com exceção de socorro médico, por exemplo. Quem for sair de carro para comprar produto ou serviço essencial deve obedecer ao rodízio.

>> Entenda como vai funcionar o rodízio de veículos no Grande Recife durante a pandemia do coronavírus

>> Afetados por rodízio de carros em Pernambuco, motoristas de aplicativos vivem drama para pagar contas

Exceções serão os profissionais das áreas de Saúde, Segurança, Defesa Civil e de uso oficial. Veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos e ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega também estão liberados.  

Apenas em casos excepcionais, é possível sair de casa independentemente do dia previsto para o rodízio. Diariamente podem trafegar veículos em atendimento ou socorro médico, os usados por profissionais de saúde, de segurança pública e da imprensa, desde que estejam nos exercícios de suas funções. Também podem circular os veículos usados por servidores públicos das áreas de assistência social, saúde e segurança, nos exercícios de sua função.

Também estão liberados para circular, independentemente do dia previsto para o rodízio, os veículos destinados aos transportes de carga para determinados seguimentos (postos de combustível, atividades médico-hospitalares e farmacêuticas, gêneros alimentícios), e os veículos de quem trabalha em instituições financeiras dos bancos e lotéricas para atendimentos ao auxílio emergencial federal. 

Como vai funcionar a fiscalização?

Serão ativados 34 pontos de fiscalização, sendo 16 no Recife, oito em Olinda e oito em Jaboatão dos Guararapes. Outros dois pontos serão instalados, sendo um em Camaragibe e um em São Lourenço da Mata.  A fiscalização será feita em blitz. Ou seja, apenas de forma presencial. Não serão aplicadas multas de trânsito. Motoristas que desobedecerem à regra, em um primeiro momento, serão orientados a voltar para casa. Se insistirem, terão veículo apreendido. Se a desobediência continuar por parte do condutor, as forças policiais poderão ser empregadas, com condução do motorista a uma delegacia.

>> Veja imagens dos pontos de bloqueios educativos no Grande Recife devido ao endurecimento do isolamento

O isolamento social com rigidez funciona?

A experiência de países que experimentaram o pico de infecções e mortes por coronavírus antes do Brasil sugere que sim. A quarentena funciona e é ainda a maneira mais eficiente para conter o avanço do coronavírus. Segundo a Super Interessante, a província de Hubei, na China, zona zero da pandemia da covid-19, conseguiu diminuir drasticamente o nível de infecções em seu território após dois meses de severas restrições de tráfego. 

>> "Academias, salões e barbearias continuarão fechados", diz governador de Pernambuco

Posso levar o meu pet para passear na rua durante o período de isolamento mais rígido?

Não. O passeio na rua com animais de estimação está proibido durante o período de aumento da restrição na circulação de pessoas em vias públicas. O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, recomendou a quem mora em condomínios utilizar a área comum dos prédios para andar com cães. O Sindicato da Habitação de Pernambuco (Secovi-PE), no entanto, desaconselhou a prática. 

Veja abaixo os modelos de declarações para você imprimir

Assine a nova newsletter do JC e fique bem informado sobre o coronavírus

Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu email sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias