LUTO

CHUVAS EM PERNAMBUCO: mais uma morte é registrada, desta vez no Agreste, e número de vítimas sobe para 130

A informação foi confirmada em balanço da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), divulgado na tarde desta quinta-feira (16)

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 16/06/2022 às 16:24 | Atualizado em 16/06/2022 às 20:35
GUGA MATOS/JC IMAGEM
FOTO ILUSTRATIVA mostra busca por corpos na Vila dos Milagres no Ibura, Zona Sul do Recife - FOTO: GUGA MATOS/JC IMAGEM
Leitura:

Mais uma vida foi perdida na noite dessa quarta-feira (15) em consequência das fortes chuvas que caem em Pernambuco desde o final de maio. Desta vez, uma senhora morreu ao ser atingida pelos escombros de uma residência que desabou na zona rural de Bom Conselho, no Agreste, tornando-se a 130ª vítima no Estado. A informação foi confirmada em balanço da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), divulgado na tarde desta quinta-feira (16). 

>>> CHUVAS EM PERNAMBUCO: Apac renova alerta de atenção para continuidade da chuva no Estado

Ainda, uma pessoa ficou ferida após um deslizamento de terra na PE-96, próximo ao Presídio Dr. Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares, na Zona da Mata Sul, atingir uma caminhonete na tarde desta quinta. Ela foi socorrida com vida pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco (CBMPE) ao Hospital Regional de Palmares.

As chuvas que voltaram a registrar desastres em Pernambuco devem continuar. A previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) é de prolongamento das precipitações na Mata Sul - com alerta vigente até a manhã desta sexta-feira (17). 

Na Mata Sul, a Codecipe registrou "diversas ocorrências relacionadas a alagamentos, inundações e quedas de barreiras" até o momento, sem especificar a quantidade. 

Os destaques foram para a comunidade localizada na Usina Santa Teresa, no município de Água Preta, que por conta dos alagamentos deixou 50 famílias desalojadas. Houve também danos na comunidade de Várzea do Una, em São José da Coroa Grande. O Rio Jacuípe e os pequenos afluentes do Rio Una, na cidade de Barreiros inundou algumas casas em Santa Gorete e Lotes.

Chuvas com intensidades de moderada a forte atingiram diversos municípios nas últimas 24h, sobretudo os que ficam nas Regiões do Agreste e Zona da Mata Sul.

Municípios como Barreiros, São José da Coroa Grande, Água Preta, Xexéu e Palmares registraram índices entre 80 a 150 mm.

Rios em alerta

O Rio Panelas em Belém de Maria e o Rio Sirinhaém, no engenho Bento, em Joaquim Nabuco, encontram-se na cota de pré-alerta. O Rio Canhotinho município de Canhotinho está em alerta.

O rio Pirangi no município de São Benedito do Sul e o Rio Jacuípe, afluente do rio una em Barreiros, estão na cota de inundação.

O Rio Una na cidades de Catende, Palmares em Barreiros encontra-se com tendência de subida porém dentro da conta de segurança.

 

Qual a orientação diante da previsão?

A Defesa Civil afirma seguir acompanhando a situação em todo Estado e orienta a população que siga as orientações da Defesa Civil de seu município e caso seja necessário entre em contato com a mesma, ou com o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193. A Cocedipe permanece em alerta 24h através da Central de Operações pelos telefones 199 ou 3181-2490.

Chuvas já deixaram 130 vítimas em Pernambuco

Ao todo, Pernambuco já registrou 130 mortes pelas chuvas em Pernambuco, causadas em sua maioria por deslizamentos de barreira. Esses desastres não acontecem por acidente. Um conjunto de reportagens do JC mostrou as causas, efeitos, o que poderia ser feito para preveni-los e o que deve ser implementado a partir de agora para que novas tragédias não se repitam - e para que mais vidas não sejam perdidas. Confira:

Comentários

Últimas notícias