covid-19

Secretário de Saúde se reúne com vereadores do Recife e tira dúvidas sobre coronavírus

O secretário Jailson Correia esteve presente na primeira sessão ordinária após as sete medidas preventivas que a Câmara do Recife adotou como prevenção ao coronavírus

Alice Albuquerque
Alice Albuquerque
Publicado em 17/03/2020 às 15:48
Notícia
CARLOS LIMA/CÂMARA MUNICIPAL DO RECIFE
Secretário de Saúde se reúne com vereadores do Recife em sessão ordinária para tirar dúvidas sobre o novo coronavírus - FOTO: CARLOS LIMA/CÂMARA MUNICIPAL DO RECIFE
Leitura:

Na primeira sessão ordinária com a mudança do horário na Câmara do Recife, nesta terça-feira (17), o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, fez uma palestra para prestar contas aos vereadores do Recife sobre as ações que a Prefeitura está fazendo em relação a epidemia do novo coronavírus, o covid-19. Jailson também tirou as dúvidas das vereadoras e dos vereadores sobre formas de prevenção, políticas públicas em relação ao coronavírus.

>> Câmara do Recife libera servidores com mais de 60 anos e toma outras medidas em relação ao coronavírus

O secretário explicou que há muitos séculos "não se apresenta um desafio tão importante como os que estamos vendo agora" e estimulou a união de esforços de toda a população para que o impacto não seja tão grande. "O tema tem mudado em uma velocidade muito grande. Parece que estamos vivendo ficção científica, mas estamos vivendo uma realidade sem precedentes".

>> Bolsonaro se refere a impacto do Coronavírus como 'histeria' e diz que fará 'festinha' de aniversário

Correia lembrou que o primeiro caso do coronavírus chegou ao Brasil em 27 de janeiro, veio proveniente da China e “imediatamente o Ministério da Saúde elevou o nível de preocupação para perigo iminente”. “E 24 horas depois, antes de qualquer capital brasileira, a cidade do Recife instalou o comitê municipal de resposta rápida, e deu início ao seu plano de contingência”.

>> Coronavírus: Prefeitura do Recife ordena fechamento de escolas públicas, particulares e faculdades a partir desta quarta

Ele exemplificou que o prefeito Geraldo Julio (PSB) criou, na primeira gestão, a Secretaria de Executiva de Vigilância à Saúde, “que faz uma busca diária de informações sobre epidemias e surtos em todo o mundo”. “Na medida que fomos informados desta situação, no dia seguinte, Recife já estava reunido. Dois dias antes da própria Organização Mundial de Saúde decretar estado de emergência de interesse internacional”, completou.

>> Veja as 12 novas medidas da Prefeitura do Recife no plano de contingência do coronavírus

A vereadora Michele Collins (PP) e os vereadores Eriberto Rafael (PTC), Renato Antunes (PSC), Rinaldo Júnior (PSB) e Ivan Moraes (PSOL) tiraram dúvidas com o secretário de Saúde. Ivan fez perguntas que já tinha enviado, através de ofício do gabinete para a Secretaria de Saúde.

Eriberto Rafael quis saber se a Prefeitura trabalha com uma alguma data que considera ser o pico da epidemia do novo coronavírus, o covid-19 na cidade. Jailson respondeu que depois dos primeiros casos, a propagação da transmissão do vírus se dá em progressão. "Mas acreditamos que, com as medidas que estamos tomando, vamos ganhar mais uma semana, mais 15 dias ou, quem sabe, mais um mês. Cada dia que ganharmos nessa luta é importante porque continuamos preparando as formas de enfrentamento".

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias