PASSADO

Presidente do PSB de Pernambuco relembra foto com Lula e Eduardo Campos

"Há 14 anos inaugurávamos uma das estações da Linha Sul do Metrô do Recife e recebíamos a visita do então presidente Lula", disse Sileno Guedes em publicação numa rede social

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 29/04/2021 às 20:15
Notícia
DIVULGAÇÃO
Na foto de 2007, Lula ao lado de João Paulo, Eduardo Campos e Sileno Guedes - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Ao que parece ser mais um gesto em direção a reaproximação com o PT, o presidente do PSB de Pernambuco Sileno Guedes postou uma foto em suas redes sociais, nesta quinta-feira (29),relembrando a inauguração de uma da estações da Linha Sul do Metrô do Recife ao lado do ex-governador Eduardo Campos (PSB), do ex-presidente Lula (PT) e do ex-prefeito do Recife, João Paulo, que na época era filiado ao PT e atualmente é deputado estadual pelo PCdoB. "Há 14 anos inaugurávamos uma das estações da Linha Sul do Metrô do Recife e recebíamos a visita do então presidente Lula. Na ocasião, estava na Superintendência da CBTU, João Paulo era prefeito e nosso saudoso Eduardo Campos governador de Pernambuco. Após a inauguração, o governador e o presidente fizerem questão de percorrer o trecho", descreveu o dirigente socialista. 

Nos próximos dias, o ex-presidente Lula deverá ir a Brasília para uma série de encontros partidários e, entre os compromissos, deverá se reunir novamente com a Executiva Nacional do PSB para dar continuidade as tratativas com foco em 2022. Apesar de a publicação ser vista como um aceno positivo na relação entre socialistas e petistas, o próprio Sileno já havia dito em entrevista recente, que defende um nome próprio do PSB para a chapa presidencial. “Não diria que o PSB hoje tem um nome, mas que é importante para o primeiro turno apresentar um projeto próprio. Não tenho nada contra a pré-candidatura do ex-presidente Lula, nós temos uma relação histórica com ele e com o PT, o PSB foi muito importante para o presidente naquele momento, e isso pode ser reeditado, mas eu discutiria candidatura própria”, destacou Guedes, em entrevista ao site Roberta Jungmann, nessa terça-feira (27).

 

O fato é que o possível apoio ao líder petista, implique diretamente no desenho da Frente Popular de Pernambuco, porque poderá ocasionar no desembarque do PDT do palanque socialista. Nesta semana, o presidente estadual do PDT, o deputado Wolney Queiroz, afirmou ao JC que tem considerado palanques alternativos para presidenciável Ciro Gomes em Pernambuco. Nessa quarta-feira (28), ele esteve reunido em Caruaru, com o prefeito Miguel Coelho (MDB), cotado para disputar o Governo do Estado, pela oposição. “Foi só uma primeira conversa, ninguém antecipou nada. Nós sabemos do desejo de Miguel em disputar o Governo do Estado, e acho que temos espaço para levar o MDB para apoiar Ciro Gomes, e isto é um fato fundamental. Ele tem essa simpatia ao nome de Ciro”, destacou o dirigente pedetista. Wolney também irá procurar o PSDB e o DEM para tratar da formação deste bloco em prol do ex-governador do Ceará.

A respeito dessa movimentação, Sileno Guedes destacou a importância do PDT na Frente Popular. "O PDT esta junto conosco em vários projetos, sobretudo na convicção de que o Brasil precisa encontrar uma alternativa à Bolsonaro", afirmou o dirigente. Vale lembrar, que o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, tem um posicionamento alinhado ao governo federal. O seu pai, inclusive, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), é líder do governo Bolsonaro no Senado Federal. 

DIVULGAÇÃO
INSTAGRAM Publicação é mais um aceno do PSB em direção a Lula - FOTO:DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias