Declaração

Maurício Souza fala de sua demissão: 'Culpa é da lacração'

Jogador de vôlei defende o time Minas Tênis Clube após ter o seu contrato encerrado por causa de polêmica

JC
JC
Publicado em 29/10/2021 às 7:03 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
Reprodução / Instagram
O jogador postou um vídeo para agradecer o carinho dos novos seguidores. - FOTO: Reprodução / Instagram
Leitura:

O jogador de vôlei Maurício Souza perdeu o seu contrato com o time Minas Tênis Clube após ser acusado de fazer comentários homofóbicos nas redes sociais. Em um novo vídeo no Instagram, ele defendeu a direção do clube e disse que foi demitido por causa da pressão dos patrocinadores.

"O Minas não teve culpa nenhuma disso tudo. A culpa é da turma da lacração fazendo pressão em cima dos patrocinadores. Acarretou de o patrocinador ameaçar tirar o patrocínio do feminino e do masculino. Isso ficou insustentável. O meu diretor, Elói (Oliveira), e o meu presidente, Ricardinho (Santiago), fizeram o máximo para me segurar na equipe. Fizeram o possível e o impossível. Infelizmente, o time não aguentaria perder tantos patrocínios assim. E aí aconteceu o que aconteceu. Mas eles foram homens. São homens de verdade, que eu admiro. A culpa não foi deles", disse ele. 

Vale lembrar que o caso de Maurício Souza ganhou repercussão por causa de um comentário dele criticando a DC Comics, que anunciou que o Super-Homem vai se descobrir bissexual. Ele disse: “Ah, é só um desenho, não é nada demais... Vai nessa que vai ver onde vamos parar”. Assim, o público e os patrocinadores fizeram pressão por um pedido de desculpas e o atleta acabou sendo demitido do time.

 

Comentários

Últimas notícias