Perdeu

João Guilherme, filho do cantor Leonardo, é condenado por mentir à Justiça sobre trair Larissa Manoela; saiba qual o valor da multa

Ex de Larissa Manoela, João Guilherme movia processo contra influenciadora acusando-a de espalhar fake news; entenda

Pedro Oliveira
Pedro Oliveira
Publicado em 27/12/2021 às 16:44
Instagram/Reprodução
João Guilherme perdeu o processo que movia contra a influenciadora Dri Paz - FOTO: Instagram/Reprodução
Leitura:

João Guilherme terá que pagar uma singela multa a influenciadora Dri Paz. A decisão foi determinada pela Justiça de São Paulo e pegou o filho de Leonardo de surpresa.

Isso porque quem abriu o processo contra Dri Paz foi o próprio João Guilherme. O motivo? O cantor e ator acusava a influenciadora por difamação. Segundo ele, ela espalhou fake news por afirmar que o filho de Leonardo traiu Larissa Manoela, enquanto eles namoravam.

Diante dos fatos apurados, a Justiça de São Paulo a avaliou as evidências e concluiu que João Guilherme mentiu no processo. Diante disso, o ex-namorado de Larissa Manoela foi acusado de cometer litigância por ter agido de má-fé.

Qual o motivo que levou a Justiça a condenar João Guilherme?

João Guilherme era acusado por Dri Paz de trair Larissa Manoela na época em que namoravam. O cantor afirmava com toda convicção que a influenciadora não teria provas do "chife". 

O que João Guilherme não esperava era cair na própria mentira. Tudo porque o próprio cantor confessou a traição em uma entrevista que deu ao podcast "PodCats". “O próprio autor [do processo, João Guilherme] admitiu, perante mais de 3 milhões de pessoas, que de fato traiu sua ex-namorada [Larissa Manoela]. É evidente a má-fé ao alterar a verdade dos fatos e buscar indenização por danos morais”, afirmou Dri à Justiça.

Qual o valor da multa que João Guilherme vai ter que pagar a Dri Paz?

Condenado, João Guilherme vai ter que desembolsar a Dri Paz R$ 1 mil de multa. Isso sem falar dos mais de R$ 1,5 mil de honorários dos advogados das duas partes do processo. O filho do cantor Leonardo ainda pode recorrer à decisão. 

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias