Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

COPA DO NORDESTE

Copa do Nordeste 2022: Confira os maiores públicos da história da competição

Regional deste ano contará com o retorno do público aos estádios

Vinícius Veloso
Vinícius Veloso
Publicado em 21/01/2022 às 8:06
Arena Fonte Nova, na Bahia. Foto: Breno Barros/rededoesporte.gov.br
Arena Fonte Nova domina a lista de maiores públicos da história da Copa do Nordeste - FOTO: Arena Fonte Nova, na Bahia. Foto: Breno Barros/rededoesporte.gov.br
Leitura:

Além de proporcionar uma disputa acirrada dentro das quatro linhas, a Copa do Nordeste 2022 também promete aquecer a rivalidade nas arquibancadas da região. Com estádios e arenas de grande história no futebol brasileiro, a expectativa é que o espetáculo ocorra não só no gramado, mas também entre as torcidas. Uma festa de primeira para abrilhantar ainda mais a Copa dos Clássicos. Lembrando que o torcedor confere todas as emoções na TV Jornal, em Pernambuco, e nas afiliadas do SBT no Nordeste.

>> TV Jornal entra em campo para a maior cobertura da Copa dos Clássicos

>> Copa do Nordeste 2022: siga as notícias em tempo real da Copa dos Clássicos

Neste ano a expectativa é ainda maior pelo retorno do público aos estádios - em 2021 a torcida não pôde acompanhar as partidas devido aos protocolos de prevenção à covid-19. Em 2022, porém, os torcedores, mesmo que ainda de forma reduzida, poderão vibrar de perto com o time de coração.

>> Copa do Nordeste: confira os jogos que serão transmitidos pela TV Jornal/SBT

"Como a Copa do Nordeste mexe com a paixão de grandes camisas, grandes massas, a volta da torcida é sensacional sob o ponto de vista da animação do torcedor e do que ele propicia dentro do estádio. E também para nós, que estamos ali contando uma história. Torcedor forma esse quadro emocionante na hora do gol. A volta da torcida é muito positiva", disse Aroldo Costa, narrador da Rádio e TV Jornal. Como nos outros anos, O Maior Gol do Mundo será a voz nas partidas do regional em Pernambuco.

Devido aos protocolos sanitários de alguns estados, ainda não será possível ter casa cheia como em 2019 - ano anterior à pandemia. Naquela temporada, a competição registrou uma média superior a 7 mil torcedores pagantes por partida, com mais de meio milhão de ingressos vendidos em todo o regional. Fortaleza, Bahia e Ceará foram os líderes de público na ocasião com médias próximas aos 20 mil expectadores. Repetir esse número em 2022 é difícil. Ainda assim, a animação está garantida nas arquibancadas.

"A gente sabe que estamos em momento diferente, onde ainda é necessário muito gente ter cuidado (com a covid-19). Mas poder contar com o torcedor é bom para o clube e para a gente. A emoção fica muito maior, a gente ter essa torcida fazendo parte da hora do gol e da hora da festa", complementa Aroldo.

ARENAS DOS RECORDES

Se não fosse o decreto de jogos com portões fechados, as duas últimas finais da Copa do Nordeste seriam fortes candidatas a recorde de público. Afinal, Bahia e Ceará, que disputaram as finais em 2020 e 2021 e protagonizam uma das maiores rivalidades recentes na competição, estão presentes - pelo menos um deles - em todos os 10 jogos com a maior quantidade de torcedores da história do torneio. Por sinal, todo o top 10 deste ranking tem partidas que aconteceram na Fonte Nova ou no Castelão - arenas reformadas para a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil.

Quando o assunto é recorde de público na Copa do Nordeste, ninguém supera a Fonte Nova. O lendário estádio do Bahia recebeu sete dos 10 maiores públicos pagantes da Copa do Nordeste. Incluindo o recorde atual, registrado em 2001, na final entre o Tricolor de Aço e o Sport. Diante de 65.834 pagantes, o Esquadrão aplicou 3x1 no Leão da Ilha e levantou sua primeira taça.

A segunda colocação também fica por conta do estádio baiano: 64.689 torcedores pagaram para ver a partida de ida entre Bahia e Vitória na grande final de 2002. Assim como no ano anterior, o tricolor ganhou por 3x1. No jogo da volta, um empate por 2x2 no Barradão, foi o suficiente para o Esquadrão faturar o bicampeonato.

A terceira posição é do Castelão. Foi o jogo de volta da final de 2015, entre Ceará x Bahia. Ali, foi o alvinegro que saiu feliz: depois de ganhar por 1x0 na Fonte, o Vozão fez 2x1 diante de 63.399 pagantes e conquistou de forma invicta seu primeiro título da Copa do Nordeste.

Se somarmos todos os sete jogos na Fonte Nova na lista dos 10 maiores públicos da história do Nordestão, são 365.015 pessoas. Já o Castelão, com três partidas no ranking, tem 175.674 pagantes. Ao todo, os 10 jogos envolveram 540.689 torcedores, média de mais de 54 mil fãs de futebol por duelo.

OS 10 MAIORES PÚBLICOS NA HISTÓRIA DA COPA DO NORDESTE:

  1. 65.834 pagantes: Bahia 3x1 Sport na Fonte Nova - 28 de abril de 2001
  2. 64.689 pagantes: Bahia 3x1 Vitória na Fonte Nova - 05 de maio de 2002
  3. 63.399 pagantes: Ceará 2x1 Bahia no Castelão - 29 de abril de 2015
  4. 60.068 pagantes: Ceará 1x1 Sport no Castelão - 09 de abril de 2014
  5. 54.774 pagantes: Bahia 0x3 Vitória na Fonte Nova - 18 de maio de 1997
  6. 52.207 pagantes: Ceará 0x1 Asa no Castelão - 03 de março de 2013
  7. 48.510 pagantes: Vitória 3x1 Bahia na Fonte Nova - 19 de abril de 1998
  8. 45.378 pagantes: Bahia 0x0 Sampaio Corrêa na Fonte Nova - 07 de julho de 2018
  9. 43.393 pagantes: Bahia 1x1 Vitória na Fonte Nova - 03 de fevereiro de 2019
  10. 42.437 pagantes: Bahia 2x1 Fortaleza na Fonte Nova - 21 de abril de 2001

Comentários

Últimas notícias