violência

2023 tem recorde de pessoas mortas por tiros dentro de casa no Grande Recife

Levantamento do Instituto Fogo Cruzado contabilizou 200 mortes nessa condição entre janeiro e o início de dezembro

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 15/12/2023 às 8:52
Notícia
X

Um levantamento do Instituto Fogo Cruzado apontou que 200 pessoas foram mortas a tiros dentro de casa na Região Metropolitana do Recife entre os dias 1º de janeiro de 8 de dezembro deste ano. A média é de 16 pessoas mortas por mês nessa condição.

O levantamento revela ainda que 2023 bateu recorde de mortos em comparação com todos os anos anteriores da série histórica.

O mapeamento do número de mortos dentro de residências é superior ao registrado entre 1º de janeiro e 8 de dezembro de 2022 (173 mortos), de 2021 (192 mortos), de 2020 (168 mortos) e de 2019 (120 mortos).

Além disso, o número de mortos em residência mapeados em 2023, até o dia 8 de dezembro, é superior ao total de mortos acumulados no ano todo de 2022 (183 vítimas); 2020 (178 mortos); 2019 (127 mortos). E se aproxima do acumulado em 2021 todo (202 mortos).

População atingida

Em relação à faixa etária das vítimas apontadas no levantamento, 186 eram adultos, sete eram adolescentes e dois eram idosos. Outros cinco não tiveram a idade revelada.

Entre os 200 mortos, foi possível identificar a cor/raça de 66% deles: de 132 vítimas, 105 eram negros e 27 eram brancos. Outros 68 não tiveram a cor/raça revelada.

Com 171 vítimas, os homens foram maioria entre os mortos dentro de residências neste período. Apesar de serem minoria entre as vítimas, as mulheres tiveram que lidar com outro tipo de violência. Das 29 mulheres mortas dentro de casa, quatro foram vítimas de feminicídio.

Quanto à motivação das mortes, 194 foram vítimas de homicídio, outras três foram vítimas em ações e operações policiais e uma foi atingida durante briga.

Veja a quantidade de mortes por cidade:

  1. Recife: 49 mortos
  2. Jaboatão dos Guararapes: 40 mortos
  3. Cabo de Santo Agostinho: 24 mortos
  4. Paulista: 19 mortos
  5. Olinda: 16 mortos
  6. Ipojuca: 9 mortos
  7. Abreu e Lima: 8 mortos
  8. Camaragibe: 8 mortos
  9. São Lourenço da Mata: 8 mortos
  10. Goiana: 5 mortos
  11. Moreno: 5 mortos
  12. Igarassu: 4 mortos
  13. Ilha de Itamaracá: 4 mortos
  14. Itapissuma: 1 mortos

Raquel Lyra fala sobre violência em Pernambuco

Tags

Autor