Bolsa Família

Bolsa Família: Caixa paga auxílio de R$ 950 e beneficiários são autorizados para saque; veja como

Valor será depositado diretamente na conta do Caixa Tem

Imagem do autor
Cadastrado por

Suzyanne Freitas

Publicado em 01/03/2024 às 6:19 | Atualizado em 01/03/2024 às 7:18
Notícia
X

Com o propósito de fornecer apoio financeiro às famílias de baixa renda, a Caixa Econômica Federal estará concedendo um auxílio no valor de R$ 950 para diversos beneficiários do programa Bolsa Família.

O montante será depositado diretamente na conta do Caixa Tem, simplificando o processo de transação do valor.

QUEM RECEBE O AUXÍLIO DE R$ 950?

Este auxílio será disponibilizado para os beneficiários do Bolsa Família, seguindo o cronograma de pagamento baseado no último número do NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário.

Embora o pagamento mensal padrão do Bolsa Família seja de R$ 600, o valor de R$ 950 será destinado às famílias elegíveis a outros benefícios do programa.

BENEFÍCIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Além do auxílio regular, o Bolsa Família oferece uma variedade de benefícios que se adaptam à situação de cada membro da família. Abaixo estão listados os benefícios disponíveis no programa:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar (BCO): Valor adicional para famílias que a soma dos benefícios não chegue a R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância (BPI): Acréscimo de R$ 150 por criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): Adicional de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Concedido até maio de 2025 para garantir que nenhum beneficiário receba quantia inferior ao que era pago durante o Auxílio Brasil, programa do governo anterior.

COMO SOLICITAR O ACRÉSCIMO DO BENEFÍCIO?

Para solicitar esses benefícios adicionais do Bolsa Família, o beneficiário deve comparecer pessoalmente a uma unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e requerer os benefícios aos quais tem direito, incluindo o vale gás, que é pago a cada dois meses.

Tags

Autor