Coooorreee!

Corridas de rua para 2.500 pessoas são liberadas em Pernambuco; veja protocolo

Governo do Estado liberou a prática esportiva, nesta quinta-feira (23), após coletiva de imprensa

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 23/09/2021 às 17:35
Notícia
Corredores vão invadir as ruas do Recife com a corrida do Circuito SESI. Foto: Divulgação
Corridas de ruas estavam suspensas no Estado desde março de 2020 - FOTO: Corredores vão invadir as ruas do Recife com a corrida do Circuito SESI. Foto: Divulgação
Leitura:

Atualizada às 18h09

Agora é oficial! O governo de Pernambuco liberou nesta quinta-feira (23) eventos esportivos para até 2.500 e, pela primeira vez, incluiu as saudosas corridas de rua. A partir de novembro a capacidade é ampliada para até 5 mil atletas. A informação foi confirmada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A notícia pegou de surpresa desde de organizadores de corridas no Estado, como a própria Federação Pernambucana de Atletismo (FEPA).

Segundo o governo do Estado, as corridas de rua devem seguir os protocolos para os demais eventos esportivos. Ou seja, a partir de 27 deste mês de setembro, eventos com mais de 300 pessoas inscritas deverão ter o controle seguro do esquema vacinal, sendo 90% das vendas dos ingressos destinadas para pessoas com a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única. Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.

O presidente da FEPA, Daniel Pereira, disse que a partir de agora começa o trabalho de informar aos tradicionais organizadores de eventos que as corridas de rua estão liberadas (com regras) no Estado e, assim, aguardar que esses eventos estejam de volta ao calendário em, pelo menos, dois meses. "Existe um tempo necessário para conquistar patrocinadores, criar a estrutura para o evento, como confeccionar camisas, medalhas, além do prazo para vendas dos kits, entre outras coisas. Espero que em 60 dias as grandes corridas estejam de volta a Pernambuco", detalhou.

>> Torcida liberada! Governo do Estado dá aval para retomada de público nos jogos de futebol

>> Veja ponto a ponto o que muda nas atividades sociais e econômicas de Pernambuco a partir de segunda

No segundo semestre do ano é o período em que, antes da pandemia, o calendário da federação ficava mais concorrido pelas corridas de rua. Todos os fins de semana havia evento com apoio das forças policiais, de saúde e patrulhamento de trânsito. Essa "normalidade" deve ser retomada em breve e a primeira corrida, que deu entrada nos trâmites de liberação junto à Fepa, é a Amo Recife, prevista para dezembro, na capital pernambucana.

De acordo com Daniel Pereira, a notícia da retomada é um alívio para todo setor que trabalha para a realização de uma corrida de rua, além dos próprios atletas que, muitas vezes, dependem das premiações em dinheiro para se manter. Para ele, uma corrida com até 2.500 inscritos permite a realização de um evento de médio porte (as grandes, como maratonas, têm mais de 3.500 atletas). No entanto, o presidente da federação alerta que é preciso ter atenção aos protocolos como uso obrigatório de máscaras na concentração e saída, assim como no corredor de chegada. Higienização de materiais, como as medalhas, e as largadas em ondas também serão incrementadas a partir de agora.

"Precisaremos ter algum cuidado com as pessoas que vão na chama pipoca (sem kit). Vamos ter que fechar a área de concentração e chegada apenas para inscritos no evento, caso contrário podemos perder o controle e acabar havendo aglomeração", comentou Daniel Pereira. Para ele, corridas como a das Estações, Night Run, e outras já tradicionais no Recife, não devem demorar a voltar com tudo após uma suspensão que já perdurava desde março de 2020. Então, preparem as canelas, as corridas oficiais vão voltar!

Comentários

Últimas notícias