coluna vida fit

Educação física aumenta expectativa para retomada das academias em Pernambuco

Protocolo de medidas sanitárias das academias foi reajustado e validado pelo governo de Pernambuco e prefeitura do Recife

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 08/07/2020 às 9:04
Notícia
MAURO PIMENTEL / AFP
Academias deverão preservar distância de 10 metros quadrados por pessoa - FOTO: MAURO PIMENTEL / AFP
Leitura:

Com a validação do protocolo e antecipação de etapas para reabertura das academias, profissionais de educação aumentam a expectativa para voltar a trabalhar em Pernambuco. O governo do Estado e a prefeitura do Recife ainda não divulgaram a data de retomada das atividades do setor. De acordo com o presidente do Conselho de Educação Física do Estado, Lúcio Beltrão, a oficialização deve acontecer até o final desta semana confirmando o retorno da categoria para a próxima segunda-feira, dia 13 de julho.

"Eu acho que está todo mundo bem animado. Possivelmente o anúncio deve ser feito na quinta ou sexta-feira. Essa expectativa cresce. O Sindicato de Academias e Associação de Academias do Brasil teve acesso ao documento, mas ainda haverá o anúncio oficial. O protocolo está dentro daquilo que foi sugeriu, com ajusto em relação ao distanciamento que ficou um pouco maior (de 6.25m para 10m na capacidade máxima) e em relação às aulas coletivas. O governo falou em reunião que isso é uma etapa e, assim que a pandemia estiver controlada, haverá mudanças e o plano avança até atingir a nova normalidade para o setor", argumentou o dirigente. 

>> Protocolo de reabertura das academias é aprovado no Recife 

>> Após protesto, academias têm reabertura antecipada no Recife; veja possíveis datas

>> Aplicativo da Prefeitura ganha conteúdo para retorno das atividades ao ar livre

Protocolo validado 

De acordo com reunião que aconteceu com representantes do setor e do governo de Pernambuco e da prefeitura do Recife, no início desta semana, o protocolo das academias foi validado após a indicação de ajustes no cálculo de capacidade máxima e nas aulas coletivas - 10 alunos por aula e cada um deve levar seu colchonete. Este foi mais um passo importante para avançar na retomada dos estabelecimentos. 

"A gente estava cobrando isso há muito tempo, que bom que vai começar. Agora esperamos pelo bom senso da população. O Cref-PE já começou a fiscalizar e continuará fiscalizando. Vendo a realidade principalmente de algumas academias que estão passando por dificuldades, mas a gente vai estar em cima para garantir que as medidas sejam cumpridas para proteger a população", garantiu o gestor. 

 

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias