Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

PCR

Prefeitura do Recife começa obras de nova ponte na Zona Norte

Obra começa nesta terça-feira e integra mobilidade, requalificação urbana e saneamento na Zona Norte do Recife

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 19/10/2021 às 9:05
Notícia
Rodolfo Loepert/PCR
João Campos, prefeito do Recife - FOTO: Rodolfo Loepert/PCR
Leitura:

Inicia-se na manhã desta terça-feira (19) a construção da ponte a ser erguida sobre o Rio Morno, fazendo a ligação entre o bairro de Dois Unidos e Beberibe, na Zona Norte do Recife. A autorização foi assinada pelo prefeito João Campos (PSB).

A obra faz parte de um planejamento pela mobilidade, requalificação urbana e saneamento na Zona Norte do Recife. A ponte compõe o novo complexo viário que vem sendo construído pela Prefeitura às margens do rio, desde a avenida Professor José dos Anjos, no Canal do Arruda. O investimento na ponte é superior a R$ 4,3 milhões.

João Campos prometeu construir três pontes no Recife

O prefeito João Campos adiantou no início deste mês, com exclusividade ao Blog, seus planos para dar início a importantes obras pelo Recife no próximo ano. Além da reformulação da orla de Boa Viagem, o plano é construir três novas pontes na cidade, além da retomada da construção de uma iniciada em gestão anterior.

A construção das três novas pontes integra o plano de obras para a área de mobilidade. Para isso, João Campos contratou o escritório do famoso arquiteto e ex-prefeito Jayme Lerner para os projetos executivos das pontes. Ao Blog, foi confirmado que uma delas será erguida sobre o Rio Tejipió, beneficiando comunidade da Lagoa do Araçá e Imbiribeira.

Outro destaque é a retomada das obras da Ponte do Monteiro. O projeto é de João da Costa, atravessando a gestão Geraldo Júlio sem conclusão. Se o ritmo se concretizar, pode ser possível, de acordo com João Campos, a possibilidade de serem criados 50 mil postos de trabalho no pico da execução dos investimentos, que deve ocorrer entre 2022 e 2023.

Comentários

Últimas notícias