Eleições 2022

Para PSB, Marília Arraes bateu no teto e vai derreter nas pesquisas

Em Surubim, sem citar diretamente Marília Arraes, o socialista agradeceu o gesto do senador Humberto Costa de retirar sua pré-candidatura ao governo para apoiá-lo.

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 04/07/2022 às 9:30 | Atualizado em 04/07/2022 às 9:50
Divulgação
O candidato do PSB, Danilo Cabral, fez movimentação em Surubim, onde nasceu - FOTO: Divulgação
Leitura:

A pré-candidatura do socialista Danilo Cabral ao governo de Pernambuco comemorou, nos bastidores, o resultado da pesquisa do Ipespe, divulgada nesta segunda-feira.

Na avaliação do PSB, mesmo na dianteira hoje, Marília Arraes teria batido no teto, "sem ter mais para onde crescer". Na avaliação dos socialistas, quando os eleitores começarem a fazer a associação direta de Lula com o nome dele, e não com a candidata do Solidariedade, "a arrancada será maior".

"Eles estão aperreados. A volta de Eduardo da Fonte para a Frente Popular causou uma crise na campanha deles. Pela primeira vez, em muitos anos, Serra Talhada (terra do candidato a vice de Marília, Sebastião Oliveira) pode ficar sem representantes na Câmara dos Deputados", afirma uma pessoa próxima da campanha socialista.

"O candidato vive uma fase extraordinária de crescimento. Recheada de pautas positivas e adesões importantes à Frente Popular", resumem.

Danilo em Surubim e Agreste Setentrional

A semana de pré-campanha terminou, no sábado (2), com um ato político em Surubim, terra de Danilo. Danilo caminhou ao lado da pré-candidata ao Senado, Teresa Leitão, do governador Paulo Câmara, do senador Humberto Costa, da prefeita Ana Célia Farias e de pré-candidatos proporcionais; além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas de todo o Agreste Setentrional.

“Eduardo Campos dizia que tem gente que só sabe falar. Mas tem gente que sabe falar, escrever, tirar do papel e fazer. Eu aprendi isso! Aprendi na caminhada que fiz nesses 35 anos; como vereador, três vezes deputado federal, secretário de estado três vezes. Experiência a gente não compra na bodega. Ou você tem, ou não tem! Eu tenho experiência administrativa, tenho experiência política. Estou no melhor momento da minha vida. Não tenho dúvida que eu serei governador. Surubim, teu filho será governador! Surubim, estaremos juntos construindo uma nova história e novas mudanças”, disse Danilo.

O socialista agradeceu o gesto do senador Humberto Costa de retirar sua pré-candidatura ao governo para apoiá-lo.

“Ninguém aqui está querendo ser governador, senador ou deputado apenas por querer. Doutor Arraes dizia muito isso. Tem gente que quer ser as coisas, mas não diz por que quer ser as coisas. Tem uma turma aí disputando a eleição só querendo ser as coisas. Nós representamos um projeto político em defesa do Brasil. Essa unidade que nós construímos é uma unidade sólida, verdadeira, consistente. Não é um ajuntamento de pessoas. A gente aqui tá representando um pensamento que fale para o futuro do povo brasileiro”, afirmou, em Surubim.

“Para que a gente possa devolver a esperança no futuro. A volta da cidadania, da oportunidade; a volta de um Brasil sustentável, a volta de um Brasil democrático. É isso que nós estamos falando aqui. É isso que representa essa aliança e é por isso que o PT e o PSB são as bases principais desta aliança. Aqui está um deputado que sempre pertenceu a um único partido. Aqui, ninguém muda de lado como quem muda de camisa. Tem gente por aqui pertinho que toda eleição muda de camisa. Uma eleição tá de vermelho, outra de amarelo. Agora está de roxo. E pensa que o povo não observa isso”, afirmou Danilo.

Comentários

Últimas notícias