CÚPULA DAS AMÉRICAS

Bolsonaro pode sofrer novo pedido de impeachment após cobrar de Biden ação contra Lula

De acordo com informações publicadas na Bloomberg, Jair Bolsonaro (PL) fez um apelo a Joe Biden, presidente dos EUA, visando ação contra Lula (PT

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 12/06/2022 às 10:25
Reprodução
Jair Bolsonaro (PL) teria feito apelo a Joe Biden, presidente do EUA, contra Lula - FOTO: Reprodução
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pode ser alvo de um novo pedido de impeachment, de acordo com a oposição. Isso acontece após a Bloomberg revelar que o presidente brasileiro pediu a Joe Biden, presidente dos EUA, uma ação contra Lula (PT).

Bolsonaro visita o país norte-americano, onde teve reunião privada com o mandatário estadunidense na última quinta (9). De acordo com fontes, ouvidas sob reserva pela Bloomberg, o presidente teria afirmado que Lula coloca perigo em perigo os interesses dos EUA.

O avanço, porém, não teria rendido frutos a Bolsonaro. O presidente estadunidense, em resposta, teria apenas reiterado a preservação da integridade eleitoral do Brasil e, em sequência, mudado o assunto da conversa.

"Seja na legislação norte-americana ou na legislação brasileira, ele devia ser afastado do cargo imediatamente e responder por traição à pátria", disse o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)à coluna de Chico Alves, do UOL.

Até dezembro do ano passado, contabilizavam-se mais de 140 pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro. O parlamentar afirma que dará entrada numa notícia-crime sobre o assunto, pedindo investigação ao Supremo tribunal Federal (STF). Ele adianta, também, que a atitude do presidente dá espaço para mais um pedido de impeachment.

Jair Bolsonaro viaja aos Estados Unidos para participar da Cúpula das Américas, realizada em Los Angeles. O presidente brasileiro não tem bom histórico com Joe Biden: após a derrota de Donald Trump, seu aliado, o mandatário só reconheceu a vitória do democrata 38 dias após a eleição.

Últimas notícias